Siga-nos

Dicas Culturais

Poema barreirense vence Festival de Poesia de Ibotirama. Veja a apresentação!

O poema barreirense “Meu Exército”, escrito pelo poeta e compositor Clerbet Luiz, foi apresentado pelos atores Ramon Souza e Lanna Seixas.

Publicado

em

Ramon Souza | Foto: Divulgação

Escrita pelo poeta e compositor Clerbet Luiz, o poema barreirense intitulado “Meu Exército” venceu o Festival de Poesia de Ibotirama (XXXVII FEPI). O evento foi realizado na última quinta-feira (26) e permitiu que diversos artistas apresentassem suas criações.

Nesse festival, o poema barreirense foi interpretado pelos atores Ramon Souza e Lanna Seixas, que realizaram uma apresentação brilhante e conquistaram não só o público, mas também os jurados.

Poema barreirense vence Festival de Poesia de Ibotirama. Veja a apresentação!
Lanna Seixas | Foto: Divulgação

O poema homenageia diferentes pontos famosos de Barreiras, muito frequentados por turistas e pelos próprios moradores da cidade, como o Beirute, o Vieirinha e o Cais. Além disso, ainda lembra dos trabalhadores que frequentam esses lugares.

Para conferir a apresentação desse poema, assista ao vídeo abaixo.

Você pode conferir, na íntegra, o texto da poesia barreirense “Meu Exército” abaixo:

MEU EXÉRCITO

Meu exército é
uma tropa
feita de saco de estopa,
que porta
muita carência
e pouca roupa (...) 

Meu exército
vai às ruas,
e, especialmente, 
ao cais
(sem rancor nem ira)
como fosse feito
só de Recrutas Zeros,
de Irás e Alziras,
e mulheres que deliram.

Meu exército,
de fuzileiros sem mira,
que nos espiam
de   noite
da esquina do "Vieirinha"
e "Beirute",
entre caipirinhas,
caiporas e caipiras,
e, ainda, nos inspira (...)

Meu exército é
feito de Ernestos
(com seu tanque
de latinhas de alumínio
e material reciclável).

Clerbet Luiz

Poesia barreirense reconhecida

Vale lembrar que não é a primeira vez que as composições de Clerbet Luiz foi reconhecida. Na verdade, esse poeta e compositor já divulgou a cultura de Barreiras em outras ocasiões.

A música “Páginas desviradas”, por exemplo, interpretada por Tatty Lacerda, alcançou o segundo lugar no XXVII Festival Antense da Canção -Troféu Sá Marina.

Além disso, o compositor também escreveu a música “Cidade de Rio e de Sol”, em homenagem ao aniversário de 130 anos de Barreiras e que foi interpretada pela cantora Dora Baiana.

Barreiras Notícias - Fala Barreiras