Siga-nos

Tecnologia

Operadoras regionais de telecom se unem e tentam barrar compra da Oi Móvel

Grupo alega que concentração do mercado móvel não pode ficar com a Claro, Vivo e TIM, questão será discutida com a Anatel…

Publicado

em

Telecomunicação

Imagem destaque reprodução Agência Brasil

No próximo dia 28 de junho, a Agência Nacional de Telecomunicações irá realizar uma reunião extraordinária para tratar dos efeitos que a compra da Oi Móvel, feita pela Claro, TIM e Vivo, terá no mercado brasileiro de telefonia.

A questão entrou em discussão após o grupo de provedores regionais, liderada pela Algar Telecom e Brisanet, alegar que a posse das redes móveis da Oi Móvel distribuídas entre as operadoras Claro, Vivo e TIM deixará as gigantes ainda maiores, fazendo com que o consórcio formado por elas tivesse o domínio total do mercado, quando os pequenos provedores são colocados em perspectiva.

De acordo com o Comitê de Prestadoras de Pequeno Porte de Serviços de Telecomunicações (CPPP), a concentração do mercado nas mãos das gigantes é uma jogada “agressiva” para cima do grupo. A Anatel havia marcado a reunião com setor para o mês que vem, mas por conta da alegação e da ansiedade que a compra causou no players, o debate foi antecipado.

Segundo Emmanoel Campelo, conselheiro da Anatel e presidente do CPPP, o temor das operadoras locais é maior em relação às ofertas e aos preços que, por conta das operadoras virtuais, já começam a se elevar. O que justifica a alegação do grupo, uma vez que as operadoras de pequeno porte não são concorrentes diretas do trio formado entre Vivo, Claro e TIM.

Outro fator é a internet banda larga via fibra óptica. Juntos, os provedores locais já dominam o mercado atual da banda larga no interior do Brasil, como é o caso da Brisanet Internet, por exemplo. Mas, como uma forma de jogar contra o setor, as três operadoras já firmaram um acordo para contratar as redes da InfraCo, que é a empresa de infraestrutura da Oi Internet, a fim de recuperar o mercado da banda larga fixa.

Mas, segundo o conselheiro da Anatel, “qualquer movimento feito pelas grandes operadoras no sentido de atrapalhar o crescimento das regionais, não será bem visto pela agência”.

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 20
Falabarreiras Notícias 42
Falabarreiras Notícias 43

Barreiras Notícias - Fala Barreiras