Siga-nos

Barreiras

Governador da Bahia comenta aumento de 983% no número de casos de COVID-19 em Barreiras

Durante entrevista, o Governador da Bahia, Rui Costa, reforçou que é fundamental interromper a disseminação da COVID-19. Saiba mais!

Publicado

em

Nesta quarta-feira (14), o Governador da Bahia, Rui Costa, concedeu uma entrevista online para as rádios do Oeste Baiano e comentou a situação da COVID-19 na região.

Durante a entrevista, o editor do Fala Barreiras, Osmar Ribeiro, questionou o Governador sobre a situação do coronavírus especificamente em Barreiras, que tem enfrentado o aumento do número de casos da doença, bem como a lotação máxima dos leitos de UTI disponíveis no município.

Confira os principais pontos do comentário do Governador da Bahia sobre a situação de Barreiras.

Barreiras a caminho de uma situação crítica

O Governador da Bahia mostrou estar consciente da situação da COVID-19 em Barreiras. Segundo Rui Costa, apenas nos últimos 30 dias, houve um crescimento de 983% no número de casos de contaminados do município, o que é preocupante. Por isso, é fundamental conter a disseminação do vírus na cidade.

“Barreiras saiu de 29 casos, há 30 dias atrás, e dia 9 estava com 314 casos. Um crescimento de 983% em apenas 30 dias. Então nós não temos escolha. Se não cuidarmos de conter o crescimento, nós estamos caminhando para uma situação muito crítica”, afirmou Rui Costa.

O Governador do Estado ainda afirmou que já ampliou o número de leitos de UTI na cidade. Porém, a ampliação de leitos não vai garantir a resolução do problema. Ele lembrou que os países ricos, que tem lidado melhor com a pandemia, só encontraram duas saídas para lidar com o vírus: a vacinação em massa e o respeito ao distanciamento social.

“Os países que têm alto desenvolvimento tecnológico, como Alemanha, Suiça, Suécia, China, França, Inglaterra, Estados Unidos, todos esses países são muito ricos, tem muito desenvolvimento científico, tem muito desenvolvimento tecnológico. Passado um ano da pandemia, todos eles só descobriram duas saídas. Saída número um: vacina, vacina e vacina. Saída número dois: garantir a proteção e o distanciamento social. Então não adianta tentar inventar uma roda que ninguém conseguiu inventar. Nesse momento da pandemia, ou a gente segue, infelizmente, as orientações da Ciência, da Saúde, ou infelizmente, não tem como conter”, declarou o Governador da Bahia.

Governador da Bahia revela ampliação do número de leitos de UTI em Ibotirama e Bom Jesus da Lapa

Além da ampliação do número de leitos de UTI em Barreiras, Rui Costa também comentou sobre o número de leitos de unidade de terapia intensiva em outros municípios da Região Oeste. De acordo com o Governador da Bahia, o município de Barra também foi beneficiada por essa ampliação. Além disso, ele revelou que, em breve, Bom Jesus da Lapa e Ibotirama também serão contempladas com mais leitos.

“Vamos botar mais 32 leitos, vamos botar UTI lá em Ibotirama. Mais 10 dias, a gente deve abrir os leitos de UTI em Bom Jesus da Lapa”, declarou Rui Costa.

Rui Costa faz um apelo à população do Oeste Baiano

Apesar de abrir mais leitos de UTI e enfermaria em diversos municípios do Estado, o Governador reforçou que apenas abrir leitos não vai resolver o problema da COVID-19 no Oeste Baiano e fez um apelo à população.

“Eu quero chamar a atenção de vocês, do Oeste, não vamos conseguir vencer o vírus se a gente ficar na nossa cabeça só pensando nos leitos. Nós temos que pensar em como evitar a multiplicação do vírus”, completou o gestor.

Rui Costa ainda comparou a situação da COVID-19 com a necessidade de controle de uma praga na plantação. Ou a população, os gestores e a sociedade civil organizada se unem para romper a disseminação do vírus, ou a doença vai se alastrar para toda a “plantação” e será impossível salvar todas as “plantas contaminadas”.

“É como se a gente quisesse conter a praga que está devastando a nossa plantação, levando cada plantinha para o laboratório para cuidar daquela plantinha. Vai conter a praga assim? Ou a praga vai disseminar na plantação inteira? Então ou a gente evita que a praga se espalhe na plantação, ou não adianta levar cada plantinha para o laboratório para tentar cuidar. A mesma coisa é com a vida humana. Não adianta pegar cada pessoa e levar para a UTI achando que está resolvendo o problema, porque não está. Não adianta, se a gente não cuidar da praga na plantação, ela vai consumir a plantação inteira. Se a gente não cuidar do vírus, ele vai consumir a população inteira. Então tem que parar a reprodução do vírus”, explicou o Governador.

Por isso, para vencer a pandemia e reduzir o número de casos na cidade, o Governador da Bahia faz um apelo à população e pede a união entre todos os setores da sociedade para combater essa doença.

Ouça abaixo, a sonora do governador:

Governador da Bahia

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
1- Falabarreiras Notícias 20
2- Falabarreiras Notícias 42
3- Falabarreiras Notícias 43

Barreiras Notícias - Fala Barreiras