Siga-nos

Construção Civil

Cimento queimado, a nova moda na construção civil

Conheça as vantagens e desvantagens da utilização do cimento queimado na construção…

Publicado

em

Cimento Queimado

Escritório em casa com parede de cimento queimado painel de ripas cinza esteira cômoda livros e decoração | Foto: Freepik

O acabamento em cimento queimado é uma aplicação de pó de cimento seco sobre uma argamassa úmida, ou ainda diretamente sobre um contrapiso, neste último, se diferencia apenas pela mistura da água no pó de cimento formando uma pasta. Este tipo de revestimento tem se tornado a imagem de marca do estilo industrial chique, produzindo ambientes incríveis que tantos apreciam.

O cimento queimado é um revestimento muito popular no Brasil. É uma solução de baixo custo para obter o aspecto característico do cimento cru, tão apreciado pelos adeptos do estilo industrial, em pavimentos e paredes. Originalmente era um revestimento muito utilizado em habitações e instalações rurais, mas o seu preço e a sua imagem atraente, que pode ser utilizada em vários ambientes, trouxe esta técnica para a cidade e para casas requintadas.

Basicamente consiste em aplicar cimento tradicional, feito com o pó de cimento, areia e água, sobre uma superfície bem nivelada e fazer a “queima”, que não tem nada a ver com fogo. A queima do cimento consiste em espalhar pó de cimento seco sobre a argamassa ainda mole. O pó é espalhado até formar um material liso e uniforme. Basta secar e o cimento queimado está pronto!

Cimento Queimado
Sala de estar com estante de parede de cimento queimado, máquina de escrever, cafeteira, decorações e plantas | Foto: Freepik

De acordo com profissionais da área da construção civil, para preparar o cimento queimado tradicional, é necessário fazer uma mistura entre a argamassa de construção e o pó de cimento. Isto dá ao cimento queimado textura uniforme, mas uma coloração manchada bem característica e apreciada atualmente. Deste modo, este é um revestimento bastante acessível, face a outros com o mesmo aspecto final, como o microcimento e o cimento afagado.

Além disso, é possível conseguir um piso com cores diferentes do cinzento e inclusive no mesmo piso. O cimento queimado colorido obtém-se juntando pigmentos e minerais ao pó de cimento que faz a “queima”. Usa-se uma parte de corante para cada dez partes de pó de cimento no pó da queima.

Pode ser usado pó de pedra, nomeadamente pó de mármore, para dar um acabamento mais refinado. Para fazer um pavimento com várias cores, o piso é separado em secções com espaçadores, usando-se um pó de queima diferente em cada secção.

Também é possível polir as paredes ou piso de cimento queimado. Quando se faz a aplicação, é preciso usar uma régua de metal para deixar o cimento queimado liso e uniforme. Para o tornar polido, basta utilizar alguns produtos específicos para esse polimento, que são facilmente encontrados nas lojas de materiais de construção.

Como qualquer opção de materiais de construção, a utilização do cimento queimado tem vantagens e desvantagens.

As vantagens. Obaixo custo de aplicação e a aplicação rápida são as maiores vantagens desse tipo de acabamento.Defácil manutenção e limpeza, combina facilmente com vários estilos de decoração, embora seja mais indicado para ambientes de inspiração industrial ou rústica. Pode ser usado em ambientes interiores, como a sala, a cozinha ou a casa de banho, como em ambientes de exterior, no terraço, pátio ou alpendre.

As desvantagens. Uma aplicação deficiente leva ao aparecimento de fissuras, rachaduras e descamação da camada superior do revestimento. Este é um ponto muito importante que deve considerar: – não é por ter uma aplicação simples que o cimento queimado não deve ser feito por profissionais qualificados e experientes. Um trabalho barato pode sair bem caro, e neste material isso comprova-se a curto médio prazo.

Vale lembrar que em superfícies de maiores dimensões o cimento queimado precisa de juntas de dilatação, para evitar que as mudanças de temperatura levem ao aparecimento de rachaduras graves. Estas juntas nem sempre são fáceis de dissimular e podem não ficar muito estéticas, sobretudo em ambientes onde se privilegie a uniformização das superfícies (neste aspecto o microcimento é muito melhor).

O pavimento cimento queimado não é muito adequado para áreas húmidas porque a sua textura bastante lisa pode tornar-se escorregadia. Neste caso será necessário adicionar textura por outros meios, que um bom construtor saberá aconselhar.

Em cidades quentes como Barreiras, esse tipo de revestimento pode se tornar uma boa opção por ser caracterizado como acabamentos de piso frio. O cimento queimado é uma excelente alternativa para locais onde o clima é ameno, pois deixa o ambiente com um aspecto frio, mais confortável.

Para acentuar a sensação de conforto e acolhimento, deve sempre incluir-se detalhes quentes nos ambientes com predominância de cimento queimado. Peças e mobiliário em madeira, fibras naturais e peças macias estabelecem um belo contraste e tornam os ambientes mais quentes e mais personalizados. Deve-se ter cuidado ao usar cimento nas regiões com temperatura mais baixa, pois pode trazer desconforto ao ambiente de vivência.

Fala Barreiras