Siga-nos

Agro

Aiba promove capacitação para pilotos agrícolas em combate aéreo a incêndios em campos e floresta

O curso contempla aulas teóricas, que serão ministradas no auditório da Fundação Bahia e no Centro de Treinamento da Abapa, no complexo da Bahia Farm Show…

Publicado

em

Combate Aéreo

Imagem meramente ilustrativa | Foto: Reprodução Produção de Biodiesel

Nem sempre as técnicas preventivas são suficientes para se evitar que surjam os incêndios florestais. Em incêndios florestais de grande porte, é necessário recorrer aos equipamentos pesados, tais como: tratores com lâmina, caminhões-tanque, motoniveladora, motobombas e até aviões e helicópteros especiais.

O combate a incêndios florestais no Brasil tem sido realizado, predominantemente, por brigadas terrestres que se deslocam através da mata até o local do fogo. Este trajeto pode levar horas e as ferramentas comumente utilizados são enxadas, abafadores, facões e bombinhas costais com aproximadamente 20 litros (20 Kg).

Devido ao longo tempo gasto para que as brigadas cheguem ao local, o fogo se instala e propaga-se sem controle, o que torna ainda mais difícil a sua extinção. Esta luta pode durar horas ou dias, a depender das dimensões do fogo, das características do material, das condições de clima e número de bombeiros.

Diante disso, o combate aéreo a incêndios em campos e floresta deve ser considerado como uma importante ferramenta de apoio para garantir a conservação do meio ambiente, o controle e combate dos incêndios florestais, minimizando os riscos e danos causados pelo fogo.

O lançamento aéreo de água ou retardantes químicos sobre a frente de avanço do fogo, quando este apresenta uma grande magnitude e força tem se mostrado eficaz. A sua maior eficiência é detectada durante o ataque inicial, quando se tenta conter o incêndio nas duas ou três primeiras horas após o seu início. Assim, a utilização de aeronaves e a capacitação para pilotos agrícolas em combate aéreo a incêndios em campos e floresta é muito importante para nesse combate.

Na região Oeste da Bahia, a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), promoverá uma capacitação para pilotos agrícolas em combate aéreo a incêndios em Campos e Florestas entre os dias 15 e 18 de agosto. O curso terá a duração de 30 horas e contemplará aulas teóricas, que serão ministradas no auditório da Fundação Bahia e no Centro de Treinamento da Abapa, no complexo da Bahia Farm Show.

As aulas práticas acontecerão na sede da Fazenda Agronol, em Luís Eduardo Magalhães e estão previstas a participação de 15 aeronaves, destacando a capacitação como uma das maiores já realizadas por produtores rurais no país. A capacitação é direcionada a pilotos agrícolas, articulado pela Aiba por meio do Agroplus, em parceria com o Prodeagro e o Centro de Apoio à Regularização Ambiental.

Combate Aéreo

Vale ressaltar que o conhecimento e o treinamento dos pilotos agrícolas são de extrema importância para a preservação do meio ambiente em toda a região Oeste. São esforços e ações importantes evitar o fogo na vegetação e identificar mecanismos e medidas para supressão do incêndio quando já existir. Assim, a prevenção, o controle e o combate aos incêndios florestais têm grande importância na preservação do meio ambiente.