Siga-nos

Agro

Abrapa prestigia Prêmio Abapa de Jornalismo em Salvador

Para o presidente da associação baiana, Luiz Carlos Bergamaschi, ter o suporte da Abrapa é muito importante

Publicado

em

Prêmio Abapa de Jornalismo

Depois de participar da etapa de visitas técnicas e ciclo de palestras dos estudantes de jornalismo às áreas-chave da cadeia produtiva do algodão na região Oeste da Bahia, falando sobre as iniciativas da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), em sustentabilidade, rastreabilidade, qualidade e promoção, a diretora de Relações Institucionais da Abrapa, Silmara Ferraresi acompanhou a última e mais esperada das fases do Prêmio Abapa de Jornalismo, a cerimônia de premiação, realizada na noite da terça-feira, 28 de novembro, no teatro da Casa do Comércio, em Salvador.

Trata-se de uma ação desenvolvida pela Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) como uma forma de reconhecer o trabalho dos profissionais de todo o Brasil, que atuam na cobertura jornalística do algodão baiano, assim como de incentivo à formação de futuros jornalistas do setor. Estes últimos integram a categoria “Jovem Talento”, que, antes de submeter seus trabalhos à avaliação da comissão julgadora, têm a oportunidade de conhecer presencialmenteuma boa mostra do que é a cadeia produtiva, acompanhando a colheita, o beneficiamento, a classificação, dentre outros elos, conversando com as fontes, para, finalmente, escolher as pautas que irão desenvolver.

“Sair da sala de aula e ‘ver de perto’ como as coisas acontecem é um poderoso aliado na aprendizagem de um conteúdo e na mitigação dos ruídos de comunicação”

, explica Silmara Ferraresi. “Na Abrapa, assim como as estaduais, acreditamos na educação e desenvolvemos experiências semelhantes, como o Desafio Sou de Algodão + Casa de Criadores, e as Cotton Trips, com jornalistas e outros profissionais. Eventos assim estreitam os laços entre jornalistas e fontes, estimulando a comunicação transparente, ética e verdadeiramente informativa, como deve ser. A Abapa está de parabéns por criar, manter e sempre aprimorar esta iniciativa”, afirmou.

Para o presidente da associação baiana, Luiz Carlos Bergamaschi, ter o suporte da Abrapa é muito importante. “A Abapa agradece à Abrapa, na pessoa da Silmara, por acreditar nesse projeto e participar dele, desde as etapas anteriores à premiação, levando informação precisa e de qualidade sobre o algodão brasileiro e a sua cadeia produtiva, da semente até o guarda-roupa. Com esse prêmio, contribuímos para a formação desses profissionais do futuro”, concluiu.

Imprensa Abrapa

Osmar Ribeiro

Fala Barreiras