Siga-nos

Bahia

Enchentes na Bahia: 2.700 Cestas Alimentares Enviadas

Enchentes na Bahia mobilizam envio de 2.700 cestas alimentares para municípios afetados, incluindo Cotegipe, Wanderley e Barra

Publicado

em

Enchentes na Bahia

Ação Humanitária nas Enchentes da Bahia

As enchentes devastadoras que atingiram a Bahia levaram o Governo do Estado a mobilizar esforços significativos para auxiliar as áreas afetadas. Entre as medidas tomadas, destaca-se a distribuição de 2.700 cestas alimentares, uma resposta imediata para atender às necessidades básicas dos desabrigados e desalojados nos municípios mais atingidos, como Cotegipe, Muquém do São Francisco, Wanderley e Barra.

Impacto e Resposta nos Municípios Atingidos

O desastre natural resultou em 526 desabrigados e 9.386 desalojados, afetando cerca de 126 mil pessoas em 33 municípios, com 24 deles sob decreto de Situação de Emergência. Cotegipe e Barra estão entre os mais afetados, enfrentando desafios significativos devido às inundações e danos à infraestrutura.

O programa Bahia Sem Fome desempenhou um papel crucial, já entregando 900 cestas em Wanderley, Dário Meira, Medeiros Neto e Ibicuí, e preparando mais 1.800 para distribuição. Esta ação enfatiza a solidariedade e a resposta rápida do governo diante da calamidade.

Desafios nas Rodovias

A situação nas estradas é alarmante, com a Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra/SIT) relatando 29 ocorrências devido às chuvas. Estradas importantes como a BA-449 em Cotegipe e as conexões para Muquém do São Francisco sofreram interdições, complicando ainda mais a situação. A atenção se volta para a restauração do tráfego e a segurança dos motoristas.

Esforços Contínuos de Recuperação e Suporte

O governo do estado, junto à Defesa Civil e a Seinfra, continua trabalhando incansavelmente. A entrega de cestas alimentares é apenas uma parte do apoio fornecido. Reparos nas estradas e pontes, bem como o planejamento para reconstrução e prevenção de futuras enchentes, são cruciais para a recuperação desses municípios. A comunidade local e as autoridades estão unidas na reconstrução e na superação dos desafios causados pelas Enchentes na Bahia.

O foco agora está em garantir que a ajuda chegue aos necessitados e que as medidas sejam tomadas para evitar futuras catástrofes. Este é um momento de união e resiliência, em que cada ação conta para restaurar a vida normal nesses municípios.

Osmar Ribeiro

Fala Barreiras