Siga-nos

Barreiras

João Felipe declara: “Sou contra o novo empréstimo do prefeito”

Vereador João Felipe manifesta oposição ao novo projeto de empréstimo proposto pelo prefeito de Barreiras, buscando alternativas

Publicado

em

João Felipe

Em uma decisão que marca seu posicionamento firme no cenário político de Barreiras, Oeste da Bahia, o vereador João Felipe declarou à nossa redação sua oposição ao controverso projeto de empréstimo que tem causado debates acalorados na cidade. O suposto projeto, que propõe um empréstimo de 100 milhões de reais pelo prefeito Zito Barbosa, foi recebido com críticas pelo vereador, que anunciou seu rompimento com o prefeito no último sábado, em entrevista ao Falabarreiras.

Oposição Baseada em Princípios

João Felipe, refletindo sobre a proposta, questionou a estratégia de financiamento da administração atual, destacando a contradição em se orgulhar de governar com “recursos próprios” enquanto se depende de empréstimos autorizados pela Câmara. “É um ano eleitoral, não dá pra gente tratar das finanças da cidade com essa irresponsabilidade,” afirmou o vereador, sinalizando a necessidade de uma gestão financeira mais prudente e sustentável.

Busca por Alternativas

Com uma visão crítica sobre o endividamento municipal, João Felipe apelou por uma abordagem mais humilde e colaborativa na busca por recursos, sugerindo que a prefeitura deveria procurar apoio tanto no governo estadual quanto federal. Ele destacou a importância de programas como o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e outros mecanismos de investimento que poderiam oferecer alternativas viáveis em vez do endividamento por meio de empréstimos.

Implicações Futuras

O vereador também expressou preocupação com as implicações de longo prazo do endividamento, enfatizando como isso poderia comprometer a gestão de futuros prefeitos e, por extensão, o desenvolvimento da cidade. “Compromete o trabalho do próximo gestor,” ele observou, apelando por uma visão mais responsável e a longo prazo das finanças municipais.

Chamado à Ação

João Felipe concluiu sua declaração com um apelo aos seus colegas vereadores e à população de Barreiras, esperando que o projeto de empréstimo seja reconsiderado e que alternativas mais sustentáveis sejam exploradas. “Espero que as coisas tomem um novo rumo. Que, de fato, a cidade seja contemplada com obras importantes, mas com outra fonte de recursos,”

declarou, marcando sua posição não apenas como uma crítica ao projeto em questão, mas como um chamado para uma reflexão mais ampla sobre as práticas financeiras municipais.

Além disso, João Felipe destacou a situação ambígua do projeto na Câmara Municipal, notando que, apesar de supostamente estar na Casa, “não foi lido ainda, então é como se ele não existisse na Câmara.” Essa afirmação do vereador aponta para uma preocupação com a transparência e o processo legislativo adequado, evidenciando que a proposta de empréstimo ainda não iniciou formalmente sua tramitação.

Neste momento de debate intenso sobre o futuro financeiro de Barreiras, a posição de João Felipe destaca-se chamando a atenção para a importância da responsabilidade fiscal e a busca por soluções inovadoras e sustentáveis. Enquanto a discussão sobre o projeto de empréstimo continua, fica claro que o diálogo e a colaboração serão essenciais para encontrar o melhor caminho para a cidade.