Siga-nos

Barreiras

Emerson Cardoso anuncia postulação à Prefeitura de Barreiras

Vice-prefeito lança-se como pré-candidato em meio a desfecho surpreendente e clima de traição na política local

Publicado

em

Emerson Cardoso

Trajetória de Emerson: Um líder engajado na transformação de Barreiras

Na manhã desta quarta-feira, 07, o Hotel Morubixaba foi palco de um importante anúncio político. Emerson Cardoso, atual vice-prefeito de Barreiras, região Oeste da Bahia, revelou em uma coletiva de imprensa, diante de uma audiência composta por notáveis empresários da localidade, sua intenção de entrar na corrida eleitoral para a prefeitura de Barreiras. Com essa declaração, Cardoso se posiciona oficialmente como pré-candidato para as próximas eleições municipais de 2024.

Antes de ceder a palavra aos jornalistas presentes para perguntas, Emerson Cardoso compartilhou uma síntese de sua experiência pessoal e profissional em Barreiras.

Na entrevista, Emerson Cardoso enfrentou repetidas perguntas sobre sua reação ao fato de o prefeito Zito Barbosa não tê-lo escolhido como sucessor, preferindo anunciar na noite anterior, durante a abertura dos trabalhos legislativos na primeira Sessão Solene da Câmara de 2024, que o vereador Otoniel Teixeira era o indicado pelo grupo para a disputa eleitoral. Apesar da situação delicada, Emerson manteve a compostura. Ele destacou que a verdadeira questão reside nos sentimentos de traição sentidos pelos moradores de Barreiras. “No início, o povo de Barreiras me questionava se eu seria o candidato apoiado por Zito. Com o tempo, à medida que observavam o desenrolar dos eventos, começaram a me questionar se eu me candidataria a prefeito. Minha resposta sempre foi afirmativa: sim, sou pré-candidato a prefeito de Barreiras”, afirmou Emerson com convicção. Ele também revelou que, ao aceitar ser vice de Zito, havia um entendimento de que seria o próximo na linha de sucessão, um compromisso que, segundo ele, Zito não honrou.

A seguir, a íntegra da entrevista coletiva:

Estratégias Financeiras para a Campanha Eleitoral

Pergunta: Está amplamente reconhecido que liderar uma campanha eleitoral, notadamente na disputa pela prefeitura de uma localidade com a envergadura de Barreiras, exige substanciais recursos financeiros. É notório também que há grupos influentes operando nesse cenário. Estaria você, portanto, apto financeiramente para encarar essa competição?

Resposta: “Em meus anos de trabalho em projetos em colaboração com o Sebrae, notei um padrão: quando um empreendedor ou um empresário solicita financiamento, existe uma premissa fundamental — para a aprovação do suporte financeiro, o projeto apresentado deve ser robusto. Assim, a formulação de um projeto excepcional é essencial para a atração de investimentos. Nossa ação atual, e futura, consiste na elaboração desse projeto. Quero ressaltar, adicionalmente, que temos despertado o interesse de determinados empresários, os quais estão ansiosos para investir em nossa campanha, pendentes apenas de nossa confirmação. Embora não possa especificar o valor ao qual você alude no momento, estou seguro de que este representa um marco inicial para nossa colaboração. A obtenção dos recursos necessários virá, mas o mais importante é possuir um projeto concreto, credibilidade e a habilidade para executá-lo. E isso, asseguro-lhe, temos de sobra.”

Pergunta: Emerson, qual foi a sua reação ao ocorrido ontem?

Resposta: “Como ser humano, vou ser sincero com você: sinto mais pelas pessoas responsáveis por aquilo do que por mim mesmo. E vou explicar o motivo: se cometi algum erro na política, foi justamente a falta de malícia. Se pudesse revisitar certas situações, optaria por ser mais astuto. Mas, a vida me ensinou uma lição valiosa: nós oferecemos o que temos dentro de nós. Não conseguiria disseminar o mal, pois ele não faz parte da minha essência. Portanto, acredito que, diante das consequências do que aconteceu, essas pessoas estão mais aflitas do que eu. Meu sentimento é que a comunidade está nos acolhendo com carinho, e quando digo ‘nos’, refiro-me ao abraço em torno de uma nova visão para nossa cidade. Então, inicialmente, há sim uma sensação de desapontamento, mas esse sentimento, repito, revela muito mais sobre eles do que sobre mim”.

Pergunta: Emerson, naturalmente esperava-se que o prefeito o indicasse como seu sucessor, especialmente considerando que parecia haver um acordo prévio. A escolha e a decisão do prefeito Zito lhe surpreenderam? Você se sente traído?

Resposta: “A questão da traição deixo para a população julgar. Já compartilhei meus sentimentos a respeito. Considerando que nunca utilizei essa terminologia, mas ela tem sido recorrente nas conversas, prefiro que seja a comunidade a emitir tal veredito. Quanto à surpresa, levando em conta o histórico de sucessões dentro desse grupo político – a nomeação de familiares diretos para posições-chave, como primos e irmãos para deputados, e até uma esposa –, quem realmente se surpreenderia com tal desdobramento?”

Dívida de Barreiras:

Pergunta: Considerando as dívidas existentes, você se sente preparado para assumir um cargo com tantos compromissos financeiros pendentes? Está pronto para esse desafio?

Resposta: Absolutamente. Esse é precisamente o desafio que me motiva. Por isso, enfatizo o seguinte: Barreiras experimentou uma transformação significativa em seu perfil político. A era do político tradicional acabou; agora, precisamos adotar uma mentalidade empresarial na administração pública para realmente progredir. E permita-me acrescentar algo mais, uma novidade que acabo de ficar sabendo: está em curso uma negociação com os vereadores para a aprovação de um empréstimo que ultrapassa os 60 milhões. Portanto, é essencial reconhecermos a magnitude da responsabilidade que assumimos ao gerir os destinos da nossa comunidade.

Transição Partidária de Emerson

Após sua saída do União Brasil, Emerson foi indagado sobre sua próxima filiação partidária visando a candidatura nas eleições futuras. Sua resposta foi: “Existem atualmente três partidos sob consideração, com os quais estamos em diálogo. Interessante notar que todos fazem parte da base aliada do governo estadual. Contudo, o aspecto crucial é a aliança entre a ideologia do partido e meu perfil pessoal e político. Essa sinergia é fundamental para uma colaboração eficaz”.

Convite do Avante e Nova Direção Política

Pergunta: O Avante estendeu um convite para integrar suas fileiras, marcando uma potencial transição para uma esfera política alinhada ao governo estadual, distinta da trajetória anterior com o União Brasil. Após três anos defendendo uma linha política específica, surge a oportunidade de adotar uma nova abordagem, oferecendo ao eleitorado uma alternativa vinculada ao governo estadual, divergente da opção atualmente em voga. Como enfrentará o desafio de dialogar com os demais candidatos e explorar possíveis alianças?

Resposta:Em primeiro lugar, é fundamental reconhecer que a política é um exercício de mútuo acordo, não se tratando de imposição de candidaturas. Estamos apresentando nosso nome com base no apoio recebido da comunidade. A despeito de compromissos não cumpridos comigo, meu compromisso com a população de Barreiras permanece inalterado. Portanto, o diálogo será aberto com todos os partidos, uma etapa indispensável nesse processo. Estamos em negociação com diversas agremiações e, uma vez definido o curso a seguir, comunicaremos a todos. A receptividade da comunidade e a necessidade de articulação não são responsabilidades exclusivamente minhas, mas coletivas. Avançaremos juntos, e em breve, trarei mais informações”.

Emerson conclui com uma nota de agradecimento: “Após tudo o que foi discutido, divulgado e debatido, meu sentimento é, e sempre será, de gratidão. Quero que a população de Barreiras, que tem me acompanhado e escutado, esteja ciente de algo crucial: estou plenamente capacitado para assumir a prefeitura de Barreiras. Além de possuir as habilidades técnicas e a experiência política necessárias, destaco um aspecto fundamental que considero não negociável: a integridade moral. Isso é algo que vocês podem contar comigo. E ao longo de toda a minha carreira, mantive minha conduta íntegra, sempre saindo pela mesma porta que entrei, de cabeça erguida, pronto para encarar o futuro. Estou aberto a ouvir todos: todos os partidos que têm me procurado, todas as lideranças, seja no setor empresarial, religioso ou qualquer outro, porque este projeto não é apenas meu; é nosso. E somente assim compreenderemos que Barreiras não pertence a um único indivíduo, mas ao seu povo. Muito obrigado”.

Osmar Ribeiro

Fala Barreiras