Siga-nos

Agro

Eunápolis recebe Campanha de Recolhimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos

Publicado

em

Josalto Alves | Ascom Adab

01

Imagem meramente ilustrativa | Reprodução Internet

Os agricultores de Eunápolis e região têm até as 16 horas de hoje, 23, para entregar as embalagens vazias de agrotóxicos na unidade de recebimento montada no Rancho Bonella, saída para Itagimirim. Essas são as orientações da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), vinculada à Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri), para a Campanha de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos no Extremo Sul, realizada em conjunto com a Associação de Revendedores de Insumos Agrícolas do Sul da Bahia (Arisba) e o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev).

A equipe da Adab está desde a manhã de ontem, 22, retirando de circulação as embalagens de agrotóxicos, por acreditar na agricultura sustentável para o desenvolvimento da Bahia, bem como diminuir o risco à saúde da população. “O objetivo é sempre de conscientizar os produtores rurais sobre o descarte correto das embalagens, tornando essa prática uma rotina. E um dos principais motivos para dar a destinação correta às embalagens vazias de agrotóxicos é de evitar contaminação do meio ambiente”, informa o diretor de Defesa Sanitária Vegetal, Armando Sá.

Como a maioria das embalagens é rígida, de plástico, metal ou vidro, torna-se fundamental a prática da lavagem para a devolução e destinação final correta. O agricultor deve realizar a tríplice lavagem, seguindo as exigências, e as embalagens que não podem ser lavadas também devem ser devolvidas.

“As embalagens devem ser entregues até um ano após a data da compra. Elas serão recicladas e podem se transformar novamente em embalagens para defensivos, reduzindo o consumo de matéria-prima pela indústria”, completa o coordenador do Projeto de Fiscalização do Comércio e Uso de Agrotóxicos e do Campo Limpo, Raimundo Ribeiro. O engenheiro agrônomo ainda ressalta que, apesar de a lei existir desde 2000, ainda existe agricultores que não se preocupam em devolver as embalagens nos pontos de recolhimento distribuídos em pontos estratégicos do Estado.

O gerente da Adab em Eunápolis, Cláudio Wermelinger, explica que todas as atividades são desenvolvidas sempre com o compartilhamento de responsabilidades e a participação de todos os elos envolvidos. Trata-se de uma ação conjunta e conta com o apoio da Prefeitura e suas secretarias do Meio Ambiente e Agricultura e do Sindicato dos Produtores Rurais de Eunápolis, além do espaço cedido do Bonella Florestal.

Osmar Ribeiro

Fala Barreiras