Siga-nos

Bahia

Matriz Energética: Deputado João Leão apresenta nova proposta

João Leão propõe desburocratização das taxas energéticas para impulsionar matriz energética brasileira

Publicado

em

Matriz Energética

Notícias da Bahia: Em uma iniciativa estratégica para promover o desenvolvimento energético no Brasil, o deputado federal João Leão (PP) apresentou à Comissão de Finanças e Tributação (CFT) e ao presidente da comissão, deputado Mário Negromonte Jr., uma proposta destinada a reduzir e desburocratizar as taxas de operação energética cobradas pela Receita Federal e pela ANEEL.

Histórico e Objetivos da Proposta

João Leão destacou que as atuais taxas e burocracias representam um entrave significativo ao progresso do país. “Tal problema vai de encontro com o desenvolvimento do país, contrariando a nova matriz energética que vem sendo implementada em todo território nacional, principalmente, no estado da Bahia”, afirmou Leão. Ele lembrou que, durante seu mandato como vice-governador e secretário de Planejamento da Bahia, apresentou uma proposta de reestruturação energética que resultou na instalação de grandes parques de energia eólica, solar e de processamento de cana-de-açúcar em álcool.

Contribuições para a Matriz Energética da Bahia

Como secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, João Leão foi crucial para que o estado se tornasse o maior produtor de energia eólica do país, com 57% da energia consumida advinda dessa fonte. “Vamos discutir, em parceria com o TCU, qual será o melhor caminho para desburocratizar de vez essa questão e colocar o país no rumo certo”,

concluiu o deputado, ressaltando a importância de simplificar os processos regulatórios para estimular o crescimento sustentável do setor energético brasileiro.

A proposta visa não apenas aliviar as cargas tributárias, mas também promover um ambiente mais favorável para investimentos em energias renováveis, alinhando-se com as metas nacionais de sustentabilidade e redução de emissões de carbono. João Leão acredita que essas mudanças são essenciais para garantir a competitividade do Brasil no cenário energético global.

A nova proposta do deputado João Leão promete revolucionar o setor energético do Brasil, tornando-o mais eficiente e sustentável, e reafirmando o compromisso do país com um futuro energético mais verde e próspero.