Siga-nos

Bahia

Expansão do Samu na Bahia:
Estado receberá 200 novas ambulâncias para melhorar atendimento de urgência

Investimento na saúde: Bahia fortalece cobertura do Samu com aquisição de 200 novas ambulâncias, ampliando serviços de urgência

Publicado

em

Samu Bahia

A expansão do Samu na Bahia com a entrega de 200 novas ambulâncias vai reforçar o atendimento de urgência no estado | Foto: Manu Dias/GOVBA

A Bahia, em um movimento significativo para a saúde, está prestes a receber um reforço notável com a adição de 200 novas ambulâncias destinadas ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), marcando um avanço significativo na cobertura de atendimento de urgência em todo o estado. Este anúncio foi feito pela ministra da Saúde, Nísia Trindade, durante sua recente visita a Vitória da Conquista.

A ministra destacou o papel vital do Samu na saúde pública, mencionando seu histórico de 20 anos na prestação de serviços de urgência salvadores de vidas. “Publicamos hoje o edital para mais 1.760 ambulâncias, e dessas, 200 serão para a Bahia”, disse Trindade. Ela enfatizou a meta do governo de universalizar o Samu em todo o Brasil, garantindo que todos os brasileiros tenham acesso ao serviço essencial.

Este desenvolvimento segue a entrega de 48 ambulâncias do Samu a 47 municípios baianos, realizada na última segunda-feira, em um investimento total de R$ 14,89 milhões. Entre estas, 33 unidades de suporte básico (USB) e 15 veículos destinados à renovação de frota foram distribuídos, fortalecendo o atendimento de urgência no estado.

A secretária da Saúde da Bahia, Roberta Santana, enfatizou o impacto positivo das novas ambulâncias. “Elas são cruciais para qualificar a assistência e otimizar o fluxo de pacientes regulados pela Central Estadual de Regulação (CER)”, explicou Santana. Ela também agradeceu o apoio do Governo Federal, crucial para atender um pedido pendente desde 2021.

Com a expansão do Samu na Bahia, o estado avança para uma cobertura quase completa, já contando com 89% de cobertura do Samu por meio de sistemas regionais. Este esforço é um passo significativo para garantir que a saúde pública na Bahia continue a evoluir e atender às necessidades urgentes de sua população.

Osmar Ribeiro

Fala Barreiras