Siga-nos

Bahia

China quer fazer negócio com a Bahia

Publicado

em

O Conselheiro Comercial da China, Li Haitong, esteve em Salvador entre os dias 10 e 11 de setembro para tratar sobre investimentos na Bahia nas áreas de pesca, criação de rotas para navegação direta China/Salvador/China e investimentos portuários, marítimos e fluviais. Li Hailtong foi recebido em audiência pelo secretário estadual da Indústria Naval e Portuária da Bahia, Carlos Costa e por empresários baianos.

 O secretário ressaltou que também há interesse da China em discutir parcerias para desenvolver a indústria pesqueira da Bahia, sendo que o Estado tem a maior costa litorânea do Brasil, com 1.613 km, incluindo as Baías de Todos os Santos e Camamu.

 Representando os produtores rurais do Oeste da Bahia, região responsável por 25% de toda a fibra produzida no Brasil, o presidente da Aiba, Júlio Cézar Busato, ressaltou a qualidade do algodão do Oeste e apresentou o potencial agrícola da região que bate recorde em produção de grãos a cada ano.

 De acordo com informações do Consulado da China no Brasil, somente em 2012, a China e o Brasil firmaram negócios calculados em 85 bilhões de dólares (cerca de R$ 170 bilhões), em exportação e importação de produtos.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fala Barreiras