Siga-nos

Esporte

30 anos de história e tradição do Grupo de capoeira Esquiva

Além da ginga e dos movimentos que fazem parte da prática da atividade, muito mais é ensinado pelo grupo esquiva

Publicado

em

Thianne Lira

1985, começa ai uma história de tradição e respeito à prática da capoeira em Barreiras, surge o grupo Esquiva de capoeira que como peculiaridade tem a sua composição totalmente familiar, com ensinamentos passados de pai para filho.

Ao longo desses anos, Gilmar Ribeiro de Jesus, mais conhecido como Mestre Tall, foi se tornando referência na cidade quando o assunto era capoeira. “Começamos com um grupo pequeno, mas aos poucos fomos ganhando respeito e confiança da população, hoje cerca de 1.000 alunos já passaram por nós”, comentou mestre Tall.

Além da ginga e dos movimentos que fazem parte da prática da atividade, muito mais é ensinado pelo grupo esquiva. Desde pequenos, os alunos aprendem a importância em respeitar ao próximo, a disciplina e principalmente a não marginalizar a capoeira, fazendo da sua prática uma maneira de se integrar a uma sociedade justa e igual para todos.

Rogério Ribeir o (Mestre Tall Filho) é o filho mais novo de Mestre Tall e fala com satisfação de fazer parte da família. “Hoje sou uma dos professores da academia, me sinto orgulhoso em repassar tudo que aprendi para meus alunos. Aqui somos uma grande família, espero que as próximas gerações continuem a alimentar a prática dessa atividade tão completa, que prepara o físico e a mente dos seus praticantes”, comentou.

Em homenagem às três décadas de existência, o grupo esquiva realiza uma programação especial:

Sexta-feira (16)
18h – Roda de abertura às com apresentação de maculele
19h – batizado e troca de cordão

Sábado (17)
09h – Palestra sobre primeiros socorros
18h – Cerimonial de entrega de graduação com roda de mestres de capoeira e apresentação de “Cintura Desprezada”

3 Comentários

3 Comments

  1. Tássia Santos Rodrigues

    10 de julho de 2016 às 03:06

    Sou Tassia Rodrigues, vulga Abelha dentro da capoeira, e achei muito interessante a estória do grupo, são ensinamentos q vcs passam de geração a geração, contagiando e envolvendo a todos em sua volta. São esses ensinamentos q quero levar e passar a todos do meu grupo, mesmo sendo uma iniciante da pratica da Capoeira. Parabéns Grupo Esquiva.

  2. Raimundo pereira junior

    27 de dezembro de 2019 às 12:55

    Ola fui aluno do mestre tall em taguatinga to na época januarinho que dava aula la vendo as fotos aqui deu muita saudades abraçao au mestre Tall e sua familia feliz nata e um uno novo com muita saúde

  3. Raimundo pereira junior

    27 de dezembro de 2019 às 12:58

    Com a capoeira me tornei um homem muito melhor tenho muito respeito por essa dança que e nosso muito respeito ao mestre!!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Barreiras Notícias - Fala Barreiras