Siga-nos

Vida e Saúde

Vacina contra HPV pode prevenir câncer de cabeça e pescoço em homens

Meninos vacinados têm menos chances de desenvolver câncer de cabeça e pescoço causado pelo HPV, diz pesquisa

Publicado

em

Vacina contra HPV pode prevenir câncer de cabeça e pescoço em homens

Meninos vacinados contra o HPV têm menor risco de desenvolver câncer de cabeça e pescoço no futuro, segundo estudo | Foto:  Hugo Barreto/Metrópoles @hugobarretophoto

Vacina contra HPV: Uma ferramenta crucial na prevenção do câncer de cabeça e pescoço em homens

O papilomavírus humano (HPV) é um agente infeccioso associado a diversos tipos de câncer, como os de colo de útero, boca, ânus, pênis e vagina. A vacinação contra o HPV tem se mostrado a forma mais eficaz de prevenir esses tumores. Recentemente, pesquisadores americanos identificaram mais um benefício da vacina para homens: a redução do risco de câncer de cabeça e pescoço.

Estudo revela impacto positivo da vacina contra HPV em homens

Cientistas da Universidade Thomas Jefferson, na Filadélfia, analisaram dados de 5,46 milhões de pacientes, dos quais 949 mil foram vacinados entre 2006 e 2008. Os resultados, apresentados no congresso da Associação Americana de Oncologia Clínica (Asco), mostraram uma significativa redução na incidência de cânceres relacionados ao HPV em homens vacinados.

De acordo com o estudo, a taxa de cânceres relacionados ao HPV em homens caiu de 7,5 para 3,4 casos a cada 100 mil indivíduos. Para o câncer de cabeça e pescoço, especificamente, o risco foi reduzido de 6,3 para 2,8 casos a cada 100 mil homens. “A média de idade de incidência desses tumores é ao redor de 50 anos de idade. Vamos começar a perceber uma redução ainda mais significativa nos próximos anos”, afirma Lawrence Young, professor de oncologia molecular da Universidade de Warwick, no Reino Unido.

Vacinação: A principal estratégia de prevenção

O HPV é transmitido principalmente por via sexual, incluindo contatos oral-genital, genital-genital ou manual-genital. A vacinação é a principal forma de prevenção contra o vírus. Recentemente, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, anunciou que a vacina contra o HPV será administrada em dose única no SUS para crianças e adolescentes de 9 a 14 anos. Para indivíduos fora dessa faixa etária, a vacina nonavalente pode ser adquirida na rede particular por cerca de R$ 2,7 mil.

A inclusão da vacina contra o HPV no calendário de imunizações do SUS é uma medida crucial para reduzir a incidência de cânceres relacionados ao vírus e promover a saúde pública. Com campanhas de conscientização e acesso ampliado à vacinação, espera-se uma diminuição significativa nos casos de câncer de cabeça e pescoço em homens nas próximas décadas.

Para mais informações sobre a vacinação contra o HPV e outras medidas de prevenção, siga a editoria de Saúde nas redes sociais e mantenha-se atualizado.

Falabarreiras, notícia é pra sempre!