Siga-nos

Vida e Saúde

Saúde bucal infantil: 6 maneiras de evitar complicações na vida adulta

Os cuidados com a saúde bucal infantil iniciam desde a primeira infância, antes mesmo do nascimento dos primeiros dentes e é preciso ter um acompanhamento profissional adequado

Publicado

em

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Vue Odonto, uma rede especializada em atendimento odontológico com enfoque na humanização | Imagem destaque reprodução O Painel Roraima

O odontopediatria é o responsável por avaliar a saúde da gengiva e como ela está para receber os primeiros dentes de leite, que nascem quando a criança estiver com seis, sete meses.

Inclusive, a saúde e cuidados com os dentes de leite influenciam no crescimento e bem-estar dos dentes permanentes.

É nessa fase que a criança precisa aprender os devidos cuidados com a higiene e saúde bucal, bem como levá-los para a vida adulta.

Para não ter problemas no futuro, selecionamos uma lista de cuidados necessários na infância para garantir a saúde bucal mesmo na fase adulta.

Saúde bucal infantil
Imagem reprodução Guia do Bebê

1 – Dentes tortos

Os dentes tortos são uma das complicações que ocorrem por hábitos da infância.

A chupeta, mamadeira ou o hábito de chupar o dedo, por exemplo, podem ser uma das causas. Por esse motivo, é importante fazer uma avaliação para descobrir se é má formação nos dentes ou se o desalinhamento foi ocasionado devido alguma dessas manias.

É importante cuidar desde cedo para evitar que a criança cresça com dentes tortos, como o aparelho ortodontico transparente.

2 – Mordida aberta

A mordida aberta também é ocasionada por maus hábitos infantis, como o uso da chupeta.

Nesse problema, é comum que os dentes superiores e os inferiores não se toquem, mesmo com a boca fechada. Com isso, cria-se um espaço na mordida, afetando a mastigação, por exemplo.

Por interferir em toda a estrutura da cavidade oral, o uso da chupeta só é indicado até (no máximo) os três anos. Após isso, é importante retirar o objeto da criança para que os problemas bucais como a mordida aberta não ocorram.

Se o hábito continuar até o nascimento dos dentes permanentes, é provável que a utilização de aparelho para consertar a mordida seja necessário no futuro.

3 – Cáries

A cárie dentária é um dos grandes inimigos da saúde bucal infantil. Devido ao alto consumo de doces e açúcares, que estão até nos leites e achocolatados infantis, sem a higiene correta é comum que haja o aparecimento de cáries.

Quando tratadas corretamente e com a higiene correta e contínua, não é um problema grave. Contudo, é preciso ter atenção e evitar o aparecimento das bactérias.

Caso os dentes já sejam permanentes e não for feito o tratamento necessário, pode levar até a perda do dente.

Essa é uma grave complicação para o futuro, pois com a perda do dente permanente, há o comprometimento da mastigação e de todo o sistema digestivo.

Para reduzir os problemas que podem surgir da má absorção dos nutrientes, o implante dental pode ser realizado no futuro.

O tratamento consiste na colocação de um pino, geralmente de titânio, no osso da mandíbula ou maxilar. O procedimento consiste em uma cirurgia, demandando anestesia local.

Por se tratar de um procedimento feito na estrutura bucal e óssea, é necessário que ela já esteja formada de forma correta. Com isso, na fase adulta, é possível que ao colocar a prótese sobre implante dentário o paciente recupere funções como fala e até a autoestima.

4 – Má alimentação

É na infância que as preferências e hábitos alimentares são criados, influenciando diretamente na saúde dos dentes e do corpo.

Nesse contexto, alimentos ricos em nutrientes e minerais deixam os dentes mais fortes e saudáveis; já doces e frutas ácidas podem causar cáries e problemas na estrutura bucal.

É essencial ajudar seu filho a ter uma alimentação equilibrada desde cedo, assim ele evita problemas dentários no futuro e mantém a saúde do corpo.

5 – Dentes manchados

A fluorose pode ocorrer na infância, sendo percebida na troca dos dentes.

Devido a alta quantidade de flúor, os dentes podem ficar com manchinhas brancas, que caracterizam o problema.Em casos mais graves os dentes podem ficar acastanhados e até perderem a resistência.

Na vida adulta, o consumo de alimentos com corante, como café e beterraba também podem manchar os dentes.

Por esse motivo, quando a criança já possui os dentes permanentes, é necessário tomar cuidado com balas e doces que possuem muito corante; para que a cor natural do dente não seja alterada.

Vale lembrar que o melhor método é a prevenção. Contudo, as manchas só podem ser removidas com clareamento dental. Outra opção é recorrer a lente de contato dental para recuperar a percepção dos dentes e restaurar o sorriso.

Em ambos os casos, é preciso ter atenção e verificar com o profissional a possibilidade de realizar os tratamentos e a partir de qual idade eles podem ser indicados.

Além disso, é imprescindível escovar os dentes logo após o consumo de alimentos que possam manchar.

6 – Periodontite

A periodontite é uma inflamação na gengiva causada pelo acúmulo de placas bacterianas, que podem ser consequências da falta de higiene.

A limpeza correta é um fator que deve ser ensinado para a criança desde cedo e aspecto que precisa ser levado para a vida adulta, considerando a limpeza correta de dentes, língua e gengiva.

A higiene bucal deve ser feita três vezes ao dia, com a pasta de dente indicada pelo dentista, de acordo com a idade.

Além disso, pelo menos após as refeições deve-se utilizar o fio dental, uma forma de chegar nos locais que ficam as placas bacterianas e nos quais a escova não chega. Não esqueça de escovar a língua, pois essa também é uma etapa importante.

Leve a criança desde cedo ao dentista, para que ela se acostume ao ambiente e a higiene bucal se torne parte da rotina. Cuidar da saúde bucal logo na infância é essencial para que os pequenos cresçam como adultos com dentes limpos e saudáveis.

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 01
Falabarreiras Notícias 02
Falabarreiras Notícias 20
Falabarreiras Notícias 42