Siga-nos

Destaques

Odontopediatria: Importância do acompanhamento

Respostas para vários questionamentos como primeira consulta, principais problemas entre outros

Publicado

em

A odontopediatria é uma das áreas da odontologia especializada em cuidar de bebês, crianças e até adolescentes. O seu grande objetivo é garantir que a saúde bucal deles esteja em dia, assim como realizar os procedimentos indicados para cada idade.

Os profissionais dessa área também são essenciais para tirar todas as dúvidas dos pais em relação à higienização da boca dos pequenos, uma vez que esse cuidado fica por conta dos adultos por muitos anos. Por esse motivo, é importante buscar por um dentista para criança o quanto antes em uma clínica.

Quando deve ser a primeira consulta?
Os profissionais afirmam que a primeira avaliação com o dentista para criança deve ser feita ainda quando bebê. O ideal, na verdade, é que isso ocorra quando os primeiros dentes começarem a nascer, por volta dos seis meses.

É o odontopediatra quem vai dizer qual é a periodicidade necessária para cada caso, mas, da mesma forma que os adultos, normalmente essas consultas são realizadas uma vez por semestre para que todo o acompanhamento seja feito da maneira mais eficiente.

Afinal, essa é uma das maneiras que o profissional tem de certificar-se que toda a higienização está sendo feita do jeito correto, além de ser possível orientar os pais conforme a criança for crescendo, de acordo com cada fase de sua vida.

Com essas visitas frequentes ao dentista para criança, desde cedo já é criado no pequeno a importância dos hábitos de higienização da boca, assim como se acostuma a ideia de ir à clínica, tornando isso uma prática comum e, muitas vezes, até mesmo prazerosa.

Afinal, o odontopediatra está pronto para lidar com os medos e os anseios da criança, mas o andamento é sempre mais prático quando ela está acostumada com o profissional e com as técnicas que ele, normalmente, utiliza.

O foco principal do dentista é a prevenção. Dessa forma, é possível evitar desgastes com o tratamento corretivo de problemas que podem vir a ocorrer. Isso faz com que toda a dinâmica de ir ao dentista seja livre de traumas.

Quais os principais problemas?
Caso o dentista para criança não seja procurado desde o início ou se a higienização oral não está sendo feita da maneira correta, alguns problemas podem surgir na boca da criança.

Isso significa que, inevitavelmente, a ida ao odontopediatra vai precisar estar na lista de prioridade dos pais para que os pequenos problemas não se tornem grandes complicações.

Caso qualquer um dessas questões abaixo surgirem, procure por uma clínica especializada em odontopediatria quanto antes.

Os principais deles são:
• Cáries e placa bacteriana;
• Perda precoce dos dentes;
• Fluorose.

Cáries e placa bacteriana
Esses dois problemas são muito comuns durante a infância. Má higienização bucal associado à ingestão excessiva de doces pode fazer com que se forme a placa bacteriana — uma camada pegajosa e incolor que se forma sobre os dentes, constituída por bactérias e restos de alimentos.

Além disso, existe também a cárie de mamadeira, que acomete crianças pequenas, ainda com os dentes de leite. Normalmente, são manchas brancas que aparecem nos esmaltes dos dentes. Por esse motivo, o dentista para criança recomenda que a higienização em sua boca comece a partir dos três meses com o passar de um pequeno pedaço de gaze na gengiva.

Perda precoce dos dentes
A perda dos dentes de leite de maneira precoce pode ser um problema para a sua saúde bucal. Isso porque influencia diretamente na mastigação de alimentos e também na fala. Além disso, muitas vezes pode prejudicar a erupção do germe do dente permanente.

Um dos maiores motivos da perda dos dentes nas crianças é por traumas e acidentes. Por isso, é essencial tomar os cuidados necessários, pois além das questões já citadas, também pode machucar a gengiva, ocorrendo sangramentos e provocar problemas mandibulares mais graves.

Fluorose
Apesar da prevenção de cáries ser feita, em sua grande maioria, pelo creme dental com flúor, o uso excessivo em crianças que ainda estão em fase transitória do dente de leite para o permanente pode fazer com que apareça um novo problema.

A fluorose é uma condição comum ao público infantil e se dá pelo aparecimento de manchas de coloração marrom ou branca nos dentes. Além disso, a única maneira de removê-las é através do clareamento.

Por esse motivo, é muito importante atentar-se as indicações do dentista de criança à respeito da quantidade de creme dental que deve ser utilizada em cada faixa etária.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Barreiras Notícias - Fala Barreiras