Siga-nos

Vida e Saúde

Ministério da Saúde desmente boatos no WhatsApp sobre casos de Ebola no Brasil

Publicado

em

Hoje em Dia

Atualmente há 300 milhões de usuários ativos do WhatsApp

Atualmente há 300 milhões de usuários ativos do WhatsApp

Com relação aos boatos que estão circulando nas redes sociais e por meio do aplicativo Whatsapp sobre Ebola, o Ministério da Saúde divulgou uma nota afirmando que não há caso suspeito ou confirmado da doença no Brasil.

O órgão ressalta que o risco de transmissão para o país é considerado baixo. De acordo com os dados oficiais divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), os países acometidos pelo surto do vírus Ebola são Guiné, Libéria e Serra Leoa, todos situados na África Ocidental.

O Ministério da Saúde recebe, diariamente, informações da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre a situação de circulação de vírus no mundo, inclusive o Ebola, além de quaisquer outras situações que possam se caracterizar como emergência de saúde pública.

Como a doença é transmitida pelo contato direto com sangue, secreções, órgãos e outros fluidos corporais de pessoas ou animais infectados, a transmissão para outros continentes é considerada como pouco provável.

A OMS não recomenda quaisquer medidas que restrinjam o comércio ou o fluxo de pessoas com os países afetados.

Barreiras Notícias - Fala Barreiras