Siga-nos

Mundo

Espanha: Número de mortos volta a preocupar e estado de alarme é prorrogado

120.466 pessoas com diagnóstico de Covid-19 já foram internadas no país desde o início da pandemia

Publicado

em

Sandra Cristina | Correspondente na Espanha

Depois de quatro dias com os números de mortes por coronavírus abaixo de 200, hoje, quarta-feira (06), a cifra volta a preocupar: 244 falecidos e o número geral de vítimas mortais por covid-19 chega a 25.857. O número de novos contágios nas últimas 24 horas é de 685, para um total de 220.325 positivos. Isto significa uma queda comparado ao dia de ontem (867 contagiados). Hoje, 51 novos pacientes foram internados em UTIs, com estes foram 11.082 desde o início da pandemia. Por outra parte, 857 pessoas foram internadas, acumulando um total de 120.466.

O número de profissionais da área de saúde com casos positivos em covid-19 é de 44.758, frente a 43.856 de ontem. O Ministério da Saúde não informou hoje o número de pacientes recuperados nos Estados individualmente, mas a nível nacional se situa em 126.002, em comparação aos 123.486 de ontem.

Por outro lado, como a frase “necessitamos de umas semanas mais de limitação para garantir a saúde”, o presidente do Governo da Espanha, Pedro Sanchez, compareceu no Congresso dos Deputados para solicitar mais uma prorrogação, de 14 dias, do estado de alarme. A sessão que começou às 9h da manhã com um minuto de silêncio dedicado às vítimas mortais da covid-19, deu início a debates entre os partidos políticos. Neste momento estão em recesso de hora e meia quando votarão na proposta que já se sabe, será aprovada com a abstenção do segundo maior partido político PP, Partido Popular.

Assim, o estado de alarme na Espanha vai até o dia 24 de maio.

Barreiras Notícias - Fala Barreiras