Siga-nos

Culinária

Amendoim é aliado à saúde do público acima de 60 anos

As propriedades da oleaginosa podem, juntamente com hábitos saudáveis, atuar na prevenção de doenças; consultora da Cuida Bem indica consumo diário e outros benefícios…

Publicado

em

Hábitos Saudáveis

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Brasil tem em torno de 29 milhões de idosos. Nessa fase, começam a aparecer alguns problemas de saúde, como demências, doenças cardiovasculares, câncer, perda de cálcio nos ossos e até alterações de humor e fadiga. A alimentação é fator crucial para a promoção da saúde nessa faixa etária. O amendoim, por exemplo, é aliado à prevenção de comorbidades, inclusive, o Alzheimer.

Há, aproximadamente, 1,4 milhão de pessoas no Brasil com esse tipo de demência. Segundo dados da Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz), estima-se que 55 mil novos casos ocorrem por ano no país. Ainda sem cura, mesmo com descobertas recentes que podem retardar seu avanço, a alimentação pode ser umas das maneiras de prevenir o aparecimento do transtorno. O resveratrol e tiamina (ou vitamina B1), presentes nos alimentos, são alguns exemplos que beneficiam a saúde.

As principais fontes desses nutrientes são as oleaginosas, como o amendoim. O resveratrol também está associado à prevenção de alguns tipos de câncer, como o de mama. Isso porque combate mutações em uma proteína presente na maior parte dos tumores. “A recomendação é de 30g de amendoim por dia, cerca de uma mão fechada, priorizando o consumo sem sal”, indica Bruna Pavão, consultora nutricional da Cuida Bem, linha de snacks saudáveis à base de amendoim.

O amendoim também é aliado quando o assunto é prevenção de doenças cardiovasculares. Ele possui gorduras monoinsaturadas, que são gorduras benéficas para a saúde do coração. Essas gorduras diminuem o colesterol considerado ruim (LDL) e aumenta o colesterol considerado bom (HDL). Além dos benefícios para o coração e o cérebro, o amendoim está relacionado à produção de hormônios indispensáveis para o bom humor. “Ele possui triptofano, um aminoácido essencial que ajuda na produção de serotonina, um neurotransmissor relacionado à sensação de bem-estar”

, explica a nutricionista.

As condições de saúde são multifatoriais, genéticas e também associadas aos hábitos de vida, como tabagismo e prática de exercícios, que podem prejudicar a saúde ou promovê-la. Da alimentação, é possível extrair benefícios, como a regeneração e o bom funcionamento do organismo, de dentro para fora. Em 100g de amendoim torrado, por exemplo, há cerca de 39mg de cálcio. A reposição desse mineral é indispensável para a manutenção da saúde óssea, o que ajuda na mobilidade e prevenção de dores.

O consumo in natura é o mais indicado, porém, de forma equilibrada, é possível consumir o amendoim em versões associadas a outras sementes e castanhas, barras ou doces sem adição de açúcares, como as disponíveis na linha Cuida Bem. O amendoim não perde suas características nutricionais quando processado. “A máxima é evitar a adição de ingredientes com componentes que façam mal à saúde”, alerta Bruna.

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 20
Falabarreiras Notícias 42
Falabarreiras Notícias 43

Barreiras Notícias - Fala Barreiras