Siga-nos

Covid-19

Fim da vacinação contra COVID-19 em grupos prioritários foi adiada para setembro

Inicialmente, a imunização de 77 milhões de pessoas que integram os grupos prioritários ocorreria em maio. Agora, só vai ocorrer em setembro.

Publicado

em

Vacina

Nessa quarta-feira (21), o Ministério da Saúde informou o novo prazo para o fim da vacinação contra a COVID-19 em grupos prioritários. De acordo com o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, essa fase da imunização, que prevê a vacinação de 77 milhões de pessoas, só vai acabar em setembro.

Isso significa que o Governo Federal não vai conseguir a meta prevista anteriormente, durante a gestão de Eduardo Pazuello. O ex-ministro havia afirmado que a vacinação dos grupos prioritários poderia ser finalizada em maio.

Portanto, a nova previsão revela que o Ministério da Saúde não vai conseguir honrar a promessa inicial, provocando o adiamento a conclusão dessa etapa da imunização. Consequentemente, a vacinação de outros grupos de brasileiros também foi afetada e ainda não há prazo para ocorrer.

Porque a vacinação dos grupos prioritários foi adiada?

Questionado sobre o motivo do adiamento, o Ministro Marcelo Queiroga afirmou que não é necessário ficar contando dose de vacina. Além disso, ele explicou que os atrasos nas entregas de fornecedores, como o consórcio Covax Facility, bem como os problemas na entrega das remessas de insumos utilizados na produção de vacinas atrapalharam o cronograma de imunização.

Apesar disso, Queiroga explicou que todas as pessoas que se integram os grupos prioritários devem receber a primeira dose da vacina contra COVID-19 até a 1ª quinzena de julho. No entanto, o prazo para concluir a vacinação é setembro, porque o intervalo entre as doses da vacina de Oxford/Astrazeneca é de até 3 meses.

Vale ressaltar que o Ministério da Saúde não está divulgando a atualização do cronograma de entregas de vacinas para os estados, o que impede que os gestores públicos, especialistas e jornais tenham acesso a essa informação. Marcelo Queiroga que o cronograma “será atualizado dentro do prazo estabelecido”.

Grupos prioritários de vacinação.

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 20
Falabarreiras Notícias 42
Falabarreiras Notícias 43

Fala Barreiras