Siga-nos

Vida e Saúde

Brasil tem cerca de 72 acidentes de carro por hora

Ortopedista explica como acidentes de alta energia lesionam coluna…

Publicado

em

Acidentes de Carro

Acidente de carro, no Brasil são 72 a cada hora | Foto: Reprodução Pixabay

O Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (RENAEST), da Secretaria Nacional de Trânsito, divulgou que em 2021, o número de acidentes foi de 632.764 registros. O equivalente a 72 incidentes por hora no Brasil. Os acidentes de alta energia, como os que envolvem carros e motocicletas, são um dos principais motivos de lesão na medula.

O médico ortopedista especialista em coluna vertebral e medicina regenerativa, Luiz Felipe Carvalho, afirmou que “esse tipo de acidente acaba fazendo uma lesão muito grande no corpo, nem tanto pela fragilidade do corpo, que é frágil também, mas, principalmente, porque é uma energia muito grande que resulta em uma fratura, em uma quebra do osso”.

O médico explicou que em um acidente de alta energia “o osso é colocado num stress tão grande que ele quebra e muitas vezes chega a fazer uma lesão na medula.”

Dr. Luiz explicou que as lesões medulares são de altíssimo impacto para economia de um país, por exemplo.

“Uma lesão medular total ou a paraplegia, ou a tetraplegia, faz com que muitas vezes a produção e a vida do paciente vá praticamente a zero. Acaba fazendo um aumento muito grande de gasto do governo em previdência, em recuperar a saúde desse doente que a gente sabe que é obrigação do governo”

, pontuou.

O especialista contou que “o lesado medular tem problemas sociais e problemas funcionais, que, infelizmente, hoje em dia não são adaptáveis da vida corriqueira”.

Sobre o Dr. Luiz Felipe Carvalho

Acidentes de Carro
Foto: Divulgação / MF Press Global

Dr. Luiz Felipe Carvalho é ortopedista especialista em coluna vertebral e medicina regenerativa. Já tratou grandes atletas como o tenista uruguaio Pablo Cuevas, o jogador de futebol Rodrigo Dourado e o Ferreirinha do Grêmio. Além do tenista Argentino naturalizado Uruguaio Pablo Cuevas que faz tratamento com célula tronco desde 2017 melhorando muito sua performance avançando no ranking desde então.

O Gaúcho possui um profundo conhecimento sobre os modernos procedimentos cirúrgicos da coluna vertebral e também trabalha com técnicas minimamente invasivas. É diplomado pela Academia Americana de Medicina Regenerativa (AABRM), e pelo grupo Latino Americano ORTHOREGEN. Atualmente está estruturando o serviço de Medicina Regenerativa no Blanc Hospital em São Paulo.

MF Press Global

Fala Barreiras