Siga-nos

Destaques

Cachoeiras do Redondo e Acaba Vida, deixarão o esconderijo?

Os dois principais cartões postais de Barreiras, há anos estão escondidos por falta de acesso e divulgação. Até parece que os governantes fazem questão de escondê-los

Publicado

em

Imagem destaque: Cachoeira do Redondo, até hoje guardada num esconderijo que poucos barreirenses conseguiram encontrar | Foto: Dircom Barreiras

O barreirense e os turistas há muito observam que as cachoeiras do Acaba Vida e do Redondo vivem no esconderijo. Quem transita entre Barreiras e a vizinha Luís Eduardo Magalhães, não vê uma única placa ou aviso de que no km 90 existe o acesso a uma das grandes maravilhas da natureza, a Cacheira do Acaba Vida. Já a Cacheira do Redondo, poucos se aventuram a fazer um Rally para conhecê-la, acesso ruim, sem sinalização.

O tempo passa, entra governo e sai governo e as cachoeiras continuam esquecidas, quando deveriam fazer parte de um roteiro turístico, deveriam ser exploradas respeitando as regras ambientais. Porém, o que acontece para que não se faça nada a respeito, ninguém sabe.

Cachoeira do Acaba Vida, a mais conhecida de Barreiras. Carece de cuidados, sinalização e divulgação | Foto: Dircom Barreiras

Luz no fundo do túnel

Ultimamente tem se visto nos meios de comunicação locais, notícias dando conta de obras de recuperação da estrada para as Cachoeiras do Redondo e Acaba Vida. Isso fará com que esses dois principais atrativos turísticos de Barreiras, estejam com o acesso mais fácil, garantindo aos turistas e moradores daquela região, o ir e vir com segurança e tranquilidade.

A Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Barreiras (Dircom) emitiu informativo de que 40 quilômetros de estrada vicinal que interliga o povoado de Chico Preto às duas cachoeiras estão com as obras quase prontas.

Por lá passam, além de turistas e visitantes que se aventuram em conhecer os atrativos, pequenos agricultores e moradores que vivem na região. Resta saber o que mais irá ser feito para que esses atrativos, que são as cachoeiras, sejam largamente explorados turisticamente.

O prefeito de Barreiras, Zito Barbosa, disse que com a recuperação da estrada as condições de trafegabilidade estão asseguradas.

“Estamos na prática construindo essa estrada, para assegurar perfeitas condições de trafegabilidade aos moradores e produtores dessa região, possibilitando assim que depois de décadas de isolamento, essas belíssimas cachoeiras que são patrimônios naturais do nosso município, possam finalmente ser visitadas, especialmente a cachoeira do Redondo que era a mais isolada”, disse o prefeito.

Com isso, Barreiras poderá criar, além do acesso, outras condições para potencializar o turismo ecológico.

Estrada que está sendo praticamente construída. Vai precisar de manutenção constante. O ideal seria a pavimentação asfáltica | Foto: Dircom Barreiras

Cartões postais

As cachoeiras do Redondo e do Acaba Vida são consideradas, junto com o Rio de Ondas e o Rio Grande, os principais cartões postais de Barreiras. A Acaba Vida possui 36 metros de queda d’água e mirantes estratégicos para a contemplação da paisagem. Já a Cachoeira do Redondo, além de uma queda d’água deslumbrante, possui uma grande piscina natural, ideal para banhos reconfortantes.

Cachoeira do Redondo, ponto de rara beleza | Foto: Dircom Barreiras
Rio de Janeiro, contemplado com as duas belas cachoeiras | Foto: Dircom Barreiras

3 Comentários

3 Comments

  1. Glaucimar

    13 de julho de 2019 às 16:07

    Já é um bom começo a recuperação da estrada, porque sendo cartão postal da cidade, o acesso , principalmente a Cachoeira do Redondo, é péssimo. Fora a falta de infraestrutura do local. Agora
    precisa criar uma estrutura para potencializar o turismo, não esquecendo de que diante da beleza das cachoeiras há um silêncio cheio de vida!

  2. Pedro Esdras

    13 de julho de 2019 às 18:07

    Ação eficaz da sociedade se faz assim, com sinalização que contribua com a administração pública ratificar o que vem realizando ou direcionar esforços no sentido proposto . .

  3. Adriano

    13 de julho de 2019 às 18:30

    Tem mais que deixar sem acesso mesmo, vai a estrada para os bandos de “bichos” irem poluir o local com latas, garrafas e demais sujeiras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Barreiras Notícias - Fala Barreiras