Siga-nos

Destaques

Família de mãe e filha vítimas de espancamento agradece apoio da população

Em nota, a Família Gouvêia agradece as doações e a solidariedade de todos aqueles que ajudaram na recuperação das vítimas desse crime

Publicado

em

No último dia 26 de setembro, aconteceu um crime que chocou Barreiras. A mãe, Márcia Simone Gouveia, de 35 anos, e a filha, A.B.G.O., de 10 anos, foram vítimas de uma tentativa de homicídio. O autor do crime invadiu a casa onde ambas moravam e utilizou um pedaço de madeira, semelhante a um caibro, para espancar brutalmente suas vítimas.

Mãe e filha, gravemente feridas, foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU)

e encaminhadas ao Hospital do Oeste (HO). Em função do estado de saúde de ambas, a Família Gouvêia iniciou uma campanha de doação para arrecadar recursos destinados à compra dos materiais necessários para o tratamento de mãe e filha.

A campanha de solidariedade foi divulgada pelo Fala Barreiras e teve uma grande repercussão, sensibilizando muitas pessoas e entidades, que conseguiram prestar sua solidariedade e ajudar a família. Por isso, os familiares das vítimas emitiram uma nota, agradecendo a todos aqueles que puderam contribuir com a recuperação das vítimas.

Leia a nota na íntegra:

“A família Gouveia vem a público agradecer a todas as pessoas que direta ou indiretamente apoiaram e entraram na luta pela recuperação de Márcia Simone Gouveia e sua filha, Beatriz Gouveia. Ambas foram vítimas de espancamento na noite do dia 26/09/2020. Após dias de internamento no Hospital do Oeste (HO), ambas receberam alta. Márcia Simone foi a última a deixar o hospital no dia 10/10 e agora estão com os seus familiares, mas ainda necessitam de muitos cuidados e acompanhamento.

A família agradece ao SAMU, Hospital do Oeste, Polícia Militar, Delegacia da Mulher, Site Fala Barreiras, e a todos que se sensibilizaram e apoiaram as vítimas nessa situação tão difícil.

Para maiores informações, entrar em contato pelo telefone (63) 99215-6356.”

Fala Barreiras