Siga-nos

Sem categoria

Servidores da Embasa estão em greve por tempo indeterminado

Publicado

em

Osmar Ribeiro*

Vários serviços da empresa estão paralisados em Barreiras, na capital e em várias outras cidades

A greve é por tempo indeterminado | Foto: Reprodução/EBC

A greve é por tempo indeterminado | Foto: Reprodução/EBC

Os servidores da Embasa entraram em greve por tempo indeterminado na manhã desta segunda-feira (13). Segundo Lailton, dirigente sindical, diversos serviços prestados pela empresa estão suspensos durante o período em que a greve perdurar. Entre eles estão os serviços de ligação de água e esgoto, religação, obras, cortes de água, leitura de hidrômetro, serviços administrativos, lojas de atendimento, desobstrução de rede e correção de vazamentos (a não ser que seja um vazamento de grande proporção).

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente da Bahia (Sindae), a greve foi decretada por conta de um impasse entre a categoria, a diretoria da Embasa e representantes do Governo do Estado, que negociam desde a semana passada o acordo coletivo de trabalho dos servidores.

A categoria está em campanha salarial. Nesta segunda-feira (13), os servidores fizeram uma assembleia às 9h na frente da Embasa, no CAB, em Salvador e nas unidades regionais do interior da Bahia. Além da embasa, outra empresa da área de saneamento está em greve desde o dia 6 de julho. Outra assembleia será realizada às 13h30 de hoje para ser analisada a oferta do governo, caso a oferta seja aceita, a greve será suspensa, do contrário, continuará.

A Companhia de Engenharia e Recursos Hídricos da Bahia (Cerb) atende serviços como perfuração de poços artesianos e construção de sistemas de abastecimento de água no interior.

* Com informações do Correio24h

Fala Barreiras