Siga-nos

Sem categoria

Projeto de Saúde Bucal beneficia mais de 5.000 crianças em Luís Eduardo Magalhães

Publicado

em

Ascom LEM

Em 2015 o projeto Crescer Sorrindo já beneficiou mais de 5.000 crianças de até 12 anos em Luís Eduardo Magalhães | Foto: Ascom LEM

Em 2015 o projeto Crescer Sorrindo já beneficiou mais de 5.000 crianças de até 12 anos em Luís Eduardo Magalhães | Foto: Ascom LEM

A higiene bucal é a melhor forma de prevenir cáries, gengivite, mau hálito e outros problemas relacionados à boca e ajuda a manter os dentes saudáveis. Pensando nisto, a Secretaria Municipal de Saúde, através da Diretoria de Promoção à Saúde Bucal, realizou na última sexta-feira, 21, na Escola Modelo Dom Ricardo Weberberger, no bairro Santa Cruz, o Projeto Crescer Sorrindo.

“Educar para prevenir, este é o principal objetivo do Projeto Crescer Sorrindo” explicou o dentista e Diretor de Promoção à Saúde Bucal, Tiago Ripol. “A prevenção é a maneira mais econômica e menos dolorida de se cuidar da saúde bucal. Passar os bons hábitos de higiene bucal para as crianças é uma das lições de saúde mais importantes que se pode ensinar” continuou Ripol.

As 970 crianças da Escola Modelo e as 250 do seu anexo receberam orientações de dentistas da rede municipal de saúde sobre como escovar os dentes corretamente, bem como a freqüência e a qualidade da escovação, uso adequado do fio dental, o que é uma cárie e como preveni-la, a importância de ir ao dentista a cada seis meses, entre outros assuntos. Além das orientações cada criança também recebeu uma escova de dente e aplicação de flúor supervisionada por uma profissional da área.

Além das orientações sobre saúde bucal cada criança também recebeu uma escova de dente e aplicação de flúor supervisionada por uma profissional da área | Foto: Ascom LEM

Além das orientações sobre saúde bucal cada criança também recebeu uma escova de dente e aplicação de flúor supervisionada por uma profissional da área | Foto: Ascom LEM

Em 2015 o projeto Crescer Sorrindo já beneficiou mais de 5.000 crianças de até 12 anos em Luís Eduardo Magalhães. A próxima ação do projeto está programada para o dia 15 de setembro na Escola Municipal São Paulo, na Comunidade do Novo Paraná, onde mais 350 crianças serão alcançadas pelo projeto.

Fala Barreiras