Siga-nos

Sem categoria

Parceria entre Estado e município possibilita funcionamento de hospital no oeste

Publicado

em

Secom Bahia | Fotos: Carol Garcia

01Mais de 70 mil moradores de seis municípios do oeste baiano já podem ser atendidos no Hospital Antônio José de Araújo, inaugurado nessa sexta-feira, 11, em Cristópolis, a 77 quilômetros de Barreiras, pelo governador Jaques Wagner, que estava acompanhado da primeira-dama do Estado e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia, Fátima Mendonça. Com capacidade para até 200 atendimentos diários, a unidade municipal de média complexidade foi reformada e ampliada com recursos municipais e estaduais.

Durante a inauguração, o governador anunciou também o contrato entre a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e o Fundo Municipal de Saúde para que o hospital receba anualmente verba no valor de R$ 1, 7 milhão. “Nós estamos preocupados em ampliar sempre a estrutura de saúde e aqui é mais um avanço. Este hospital tinha uma parte pronta. Agora, fizemos um investimento de aproximadamente R$ 600 mil e estamos assinando um contrato com a prefeitura para dar sustentação a isso.

Especialidades
Além de urgência e emergência, o hospital conta com centro cirúrgico, 37 leitos para internamento, pediatria, obstetrícia, ginecologia, ortopedia, fisioterapia, laboratório de análises clínicas e outras especialidades. Segundo o prefeito de Cristópolis, Antônio Pereira, seria impossível manter um hospital do porte do Antônio José de Araújo sem uma parceria com o Estado. “O município não tem condições de arcar com as despesas, mas com o governo estadual o hospital será um sucesso na nossa região”.

Formosa do Rio Preto
De Cristópolis, Wagner foi para Formosa do Rio Preto, para assinar ordem de serviço para implantação do sistema integrado de abastecimento de água nas localidades de Arroz de Cima, Arroz de Baixo e Lagoinha, na zona rural do município, a 1.026 quilômetros da capital baiana. A obra terá um investimento de R$ 2,141 milhões. O município também vai receber uma ambulância tipo pronto-atendimento, no valor de R$ 63 mil.

Clique nas fotos para ampliá-las:

Fala Barreiras