Siga-nos

Sem categoria

Em novo disco, Tom Zé trata de temas com visões do futuro

Publicado

em

Chico Castro Jr. | A Tarde

O cantor e comnpositor lança "Vira-Lata na Via Láctea" | Foto: André Conti | Divulgação

O cantor e comnpositor lança “Vira-Lata na Via Láctea” | Foto: André Conti | Divulgação

Em seu mais recente códice, o druida de Irará conjurou visões do futuro em sua BOLA DE CRISTAL wireless e previu que o porvir da Geração Y não vai ser muito diferente do da Geração Z, da Geração Saúde, da Geração Coca-Cola e muito menos do da Geração das Utopias.
“Daqui a alguns anos / vamos ter de governar, infelizmente governar / Oh, e os nossos ideais, ai, quem diria / no mesmo camburão da burguesia / Uma renca de parentes atender / nos ritos e delitos do poder / Puta, que tragédia / desaba sobre nós! / logo depois que a ilusão tem voz”, recita um melancólico e sardônico Tom Zé logo na faixa de abertura do seu novo álbum, Vira Lata na Via Láctea.

“Este é meu primeiro disco, desde 1976, que sai sem um tema central. São várias músicas sobre assuntos diferentes em cada uma”, conta Tom Zé, por telefone, de São Paulo.

“No caso da faixa Geração Y, eu tive uma tendência imediata de simpatizar com ela porque voltaram a dar atenção à ética. A última vez que ouvi falar em ética foi na minha infância em Irará”, afirma.

“Imagine a tarefa dessas criaturas quando forem chamadas a governar. Isso me inspirou no refrão como se fosse uma tragédia, porque se vai entrar num campo de trabalho onde a ética é chutada para escanteio, que é a política”, observa Tom Zé.

Milton e Caetano
Com lançamento on line (via iTunes) marcado para hoje, Vira Lata na Via Láctea terá sua versão em CD chegando às lojas nas próximas semanas.

Inspirado (e quando ele não o foi?), o artista volta seu olhar crítico, irônico e poético em várias direções: Esquerda, Grana e Direita (autoexplicativa), a mídia impressa (Banca de Jornal, parceria com Criolo), a usura (Mamon), Irará (duas faixas: Guga na Lavagem e Irará Irá Lá), patrulha ideológica (Papa Perdoa) e até para o próprio umbigo (A B OCA da Cabeça), entre outros temas.

Este também deve ser o álbum de Tom Zé com o maior número de parcerias e participações. Além de Criolo, outros nomes significativos da atual nova MPB comparecem, como as bandas O Terno, Trupe Chá de Boldo e Filarmônica da Pasárgada, os músicos Silva, Kiko Dinucci e Daniel Maia.

Mas surpresa mesmo é ouvir Tom Zé cantando em dueto com Milton Nascimento (em Pour Elis, homenagem a Elis Regina) e Caetano Veloso (Pequena Suburbana).

“Fiz essa letra em 1987, a partir de uma carta que Fernando Faro fez para um vídeo do aniversário de morte da Elis. Quando li, eu: ‘puxa, isso tá tão bem escrito!’ Comecei a cantar de brincadeira e fiz uma música dando mais importância à melodia, coisa que nem sempre eu faço. Quando Marcus Preto (jornalista, atualmente produzindo a biografia de Tom Zé) viu, disse: ‘isso é a cara do Milton. Milton gostou e gravou”, relata o músico.

Já Caetano, sobre quem pesava acusações de ter “abandonado” o iraraense durante o ostracismo que este viveu após a Tropicália, Tom Zé faz questão de desfazer a noção.

“Nunca teve abandono. Cada pessoa estava do seu lado, se virando com seus problemas. Não é possível ninguém carregar ninguém no colo. Tem um ditado que é assim: ‘Se uma pessoa estiver se afogando e a outra quiser salvar, morrem os dois'”, afirma.

“A verdade é que ele e Gilberto Gil fizeram, com o Tropicalismo, o campo artístico mais profícuo do movimento. A música acabou sendo a estrela principal do Tropicalismo. Isso se deve a ele e ao Gil, os quais, quer queira, quer não, são pessoas que podem ser chamadas de gênios”, diz.

Neste fim de semana, Tom Zé faz o show de lançamento do álbum no Sesc Vila Mariana. Salvador? “Espero os empresários da cidade me chamarem. Já tem alguma conversa, mas ninguém acertou nada ainda. Sei que meus três últimos shows na Concha Acústica foram lotados. Nunca imaginei isso”, ri o artista.

Ficha técnica
Álbum: Vira lata na Via Láctea
Artista: Tom Zé
Gravadora: Pommela
Valor: R$ 24,90

Barreiras Notícias - Fala Barreiras