Siga-nos

Política

Unificação das eleições vai gerar economia de R$12 bilhões para o país

Prefeitos defenderam a pauta durante a 2ª edição do Movimento Pró Município, nesta segunda-feira (03)

Publicado

em

Duas mil pessoas incluindo prefeitos, vereadores, deputados estaduais, federais, senadores e o governador Rui Costa (PT), participaram da 2ª edição do Movimento Pró Município, na manhã desta segunda-feira (03), em Salvador. O evento, destacou pautas municipalistas, em especial a unificação das eleições.

Na visão do presidente da União dos Municípios as Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), o Brasil não pode mais ser o país das eleições, que todo ano tem eleição e com o custo alto para os cofres públicos. Antes de iniciar a marcha em direção à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), os participantes se reuniram em frente à sede da UPB. Momento em que o diretor da entidade, José Henrique Silva Tigre, leu a Carta Municipalista que elencou os pleitos de prefeitos e vereadores baianos e foi entregue ao presidente da ALBA, Nelson Leal (PP).

Onze pautas compõem a Carta Municipalista dos Prefeitos da Bahia. São elas: Unificação das eleições; Aumento em 1% do Fundo de Participação dos Municípios – FPM; Cessão Onerosa do Petróleo; Pagamento imediato dos royalties do petróleo pelo Estado aos Municípios da Bahia; Regularização dos repasses atrasados da saúde; Regularização dos repasses atrasados da assistência social; Comprometimento dos Secretários Estaduais no atendimento aos prefeitos e prefeitas; Urgente regulamentação da aplicação homogênea da dosimetria das multas aplicadas aos gestores pelo Tribunal de Contas da União (TCM); Nova regulamentação nos recursos das contas pelo TCM; Aplicação das Resoluções n. 02/2018 e n. 03/2018; e apoio da ALBA para o efetivo cumprimento das pautas municipalistas.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *