Siga-nos

Eleições 2022

ELEIÇÕES 2022:
A uma semana das eleições veja o que mostram pesquisas para o governo da Bahia

De acordo com o instituto Paraná Pesquisas, ACM Neto caiu 5 pontos na Bahia. Jerônimo Rodrigues, do PT, subiu 6 pontos e agora está com 30,2%, de acordo com o levantamento…

Publicado

em

Eleições 2022

O levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, divulgado no domingo (25), mostra que ACM Neto (União Brasil) perdeu 5 pontos em relação à pesquisa anterior, mas ainda lidera a disputa pelo governo da Bahia, com 46,5% das intenções de voto. Apesar da queda, ACM Neto continua na liderança, mas seu principal adversário, Jerônimo Rodrigues (PT), cresceu 6 pontos percentuais, passando de 24,2% para 30,2%. A vantagem sobre o candidato petista caiu 10,7 pontos no período, e agora é de 16,3 pontos percentuais.

Na sequência, aparecem João Roma (PL), com 9,7%, e Marcelo Millet (PCO), com 0,6%. Os demais candidatos têm menos de 1%. Brancos e nulos somam 6,2%, não sabem/não responderam, 6%. O levantamento traz ainda o cenário da disputa ao Senado pelo Estado. Em busca da reeleição, o senador Otto Alencar (PSD) manteve a liderança com 38,1% das intenções de voto (+4,2 p.p. em uma semana). O deputado Cacá Leão (PP) oscilou para 19,9% (+0,7 p.p.).

A pesquisa anterior divulgada pelo Instituto Paraná Pesquisas, há uma semana, já indicava uma queda significativa na vantagem de ACM Neto e Jerônimo (PT) na disputa pelo governo da Bahia. No último levantamento, o candidato do União Brasil, ACM Neto, passou de 51,2% para 46,5% em uma semana. Mesmo com a redução da vantagem, a pesquisa indica que o ex-prefeito ainda tem pontos suficientes para vencer a disputa no 1º turno.

Vale lembrar que no Brasil, para ser eleito no 1º turno, o candidato precisa receber, pelo menos, 50% mais 1 dos votos válidos. Ou seja, o vencedor precisa ter mais votos do que todos os adversários somados. Nesse cálculo, não são considerados os votos em branco ou nulos.

Leia o cenário completo para o 1º turno das eleições para o governo da Bahia:

ACM Neto (União Brasil) – 46,5% (marcava 51,2% no levantamento anterior) Jerônimo Rodrigues (PT) – 30,2% (tinha 24,2%);

João Roma (PL) – 9,7% (tinha 10,4%);

Marcelo Millet (PCO) – 0,6% (tinha 1,0%);

Kleber Rosa (Psol) – 0,5% (tinha 1,0%);

Giovani Damico (PCB) – o,3% (tinha 0,5%);

Branco/nulo/nenhum – 6,2%;

Não sabe/não respondeu – 6,0%….

Registrado no TSE sob o número BA-05363/2022, o levantamento divulgado hoje ouviu 1.540 eleitores entre os dias 19 e 23 de setembro em 68 municípios baianos.

Fala Barreiras