Siga-nos

Barreiras

Bolsonaristas protestam contra o resultado das eleições em Barreiras

Manifestantes reivindicam intervenção federal por não concordarem com o resultado das eleições presidenciais…

Publicado

em

Eleições 2022

Ao som de hinos nacionais, bandeiras do Brasil e com faixas pedindo “intervenção federal já”, vários manifestantes vestidos de verde e amarelo compareceram na manhã desta quarta-feira (02) em frente ao 4° BEC (Batalhão de Engenharia de Construção) em Barreiras, Oeste da Bahia, para protestarem contra o resultado das eleições presidenciais.

Durante a manifestação, apoiadores do protesto contra o resultado das eleições presidenciais gritavam e se expressavam com diversas frases como Intervenção federal já, nossa bandeira jamais será vermelha”. Os manifestantes afirmavam ainda estar lutando pela liberdade do país.  “Estamos aqui lutando pela nossa liberdade, pedimos intervenção, não aceitamos um ex-condenado governar o nosso país”,gritavam os manifestantes.

Aos gritos de “eu autorizo”, bolsonaristas reivindicam intervenção federal por acreditarem que houve fraude nas eleições presidenciais. O pedido é inconstitucional e antidemocrático, uma vez que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reconheceu no último domingo (30) a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre Bolsonaro, com 50,9% dos votos válidos.

Vale lembrar que o pedido pela ação dos militares é inconstitucional, visto que a Constituição de 1988 proíbe intervenção militar sob pretexto de “restauração da ordem”. Em reportagem à TV Globo, na manhã desta quarta-feira (2), o procurador da República, Patrick Salgado, alertou que esse tipo de pedido é crime.

“O importante é que as pessoas saibam que é crime incitar a animosidade das Forças Armadas contra as instituições, contra os poderes constituídos, contra a democracia. Então você pedir, por exemplo, intervenção militar de modo acintoso é crime, é crime você usar de violência contra a democracia, é crime você usar de violência contra o estado democrático. São figuras típicas do Código Penal. Às vezes você é conduzido pela emoção, para tentar desfazer o processo democrático, mas esse não é o caminho. Esse é o caminho ilícito, caminho de um bandido, de um criminoso. Você deve buscar os meios lícitos, se você não está satisfeito com o processo democrático, procure seu deputado federal para que ele, na próxima legislatura, promova alteração na legislação eleitoral”, explicou.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Ruan

    2 de novembro de 2022 às 16:25

    Não estamos bloqueando br em barreiras então isso não constitui nem um crime crime foi essa eleição nem uma pessoa que passou por ações criminais podem ser candidatos a qualquer cargo mais eles fizeram de tudo pro ladrão ser elegível e nos estamos lutando não pelo bolsonaro e sim pelo Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fala Barreiras