Siga-nos

Política

Cúpula de Rui Costa já admite trabalhar por candidatura presidencial em 2022

Para tentar se viabilizar enquanto postulante ao Palácio do Planalto, Rui tem buscado maior espaço na imprensa nacional

Publicado

em

Imagem destaque reprodução Veja

A cúpula do governador da Bahia, Rui Costa (PT) já admite, em conversas reservadas, trabalhar por uma candidatura presidencial do petista baiano para 2022. A articulação, no entanto, tem sido discreta, pois a avaliação é que o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), permaneça como postulante natural da legenda ao Palácio do Planalto no próximo pleito.

Rui Costa quer ser uma alternativa, caso o projeto de Haddad não vingue. A cúpula do governador entende que o ex-prefeito tem vantagem por ser do maior estado do país (São Paulo) e ter um “patrimônio” de 47 milhões de votos obtidos na última eleição. Para tentar se viabilizar enquanto postulante ao Palácio do Planalto, o petista baiano tem buscado maior espaço na imprensa nacional. Nos últimos meses, concedeu entrevistas para jornais do principal eixo econômico do país: Folha, Estadão e Valor Econômico. Além disso, a cúpula “sugeriu” uma entrevista para GloboNews ao jornalista Roberto D’Ávila, que foi exibida no início de junho.

De olho em 2022, o chefe do Palácio de Ondina tem ainda liderado um projeto de fortalecimento da região Nordeste com a criação do consórcio do qual é presidente. Além disso, tem se posicionado como claro adversário do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e adotado discursos que “os eleitores querem ouvir”, como palavras duras contra a criminalidade. Rui chegou a sugerir que Haddad tivesse essa postura na campanha passada, mas o ex-prefeito paulista resistiu.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Barreiras Notícias - Fala Barreiras