Siga-nos

Policial

Cerca de 30 ligações irregulares são identificadas e removidas nas margens do Rio das Ondas

As ligações foram identificadas em unidades residenciais, bares e restaurantes que funcionam na localidade

Publicado

em

Em operação de combate ao furto de energia realizada na última quarta-feira (25), a Neoenergia Coelba e a Polícia Militar identificaram e removeram cerca de 30 ligações clandestinas nas margens do Rio das Ondas, em Barreiras. Além de residências, foram flagrados bares e restaurantes que funcionavam na beira do rio. As ligações irregulares de energia, como as encontradas na ação, são realizadas sem seguir os padrões de segurança, oferecendo risco à comunidade. 

Esta é a segunda vez que a distribuidora realiza uma operação de combate ao furto de energia na localidade, reforçando o compromisso da Neoenergia Coelba em acompanhar as unidades flagradas e remover as ligações clandestinas em toda a Bahia.

“Quando o estabelecimento comercial furta energia elétrica, além de cometer crime, ele está promovendo uma concorrência desleal no setor, prejudicando toda uma cadeia econômica e levando uma vantagem indevida. Por isso é importante que os diversos segmentos da economia fiquem atentos a este tipo de prática criminosa e denuncie”, explicou o gerente de Gestão da Receita da Neoenergia Coelba, Rodrigo Almeida. 

A distribuidora reforça que os “gatos” representam riscos para a segurança de quem os realiza e da população. Além disso, o furto de energia prejudica o fornecimento de energia da região, podendo causar graves problemas para a rede elétrica e ocasionar a interrupção do abastecimento.

Crime e denúncias

O furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até a oito anos de reclusão pela prática ilegal. Por isso é importante a denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar a distribuidora. As denúncias são feitas de forma anônima através do telefone 116 ou pelo site da Neoenergia Coelba na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fala Barreiras