Siga-nos

Oeste

LAIVE/UFOB receberá insumos suficientes para a realização testes diagnósticos de COVID-19 por mais 2 meses

No entanto, o LAIVE/UFOB continua dependendo do CONSOB, que tem a responsabilidade de fornecer os kits de extração de ácidos nucleicos.

Publicado

em

Nova Variante Genética de Coronavírus

Diante de uma crise de abastecimento de insumos

necessários para a realização de testes diagnósticos para COVID-19, o Prof. Dr. Jaime Henrique Amorim, coordenador do  Laboratório de Agentes Infecciosos e Vetores da UFOB (LAIVE), se reuniu com representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações para negociar a normalização do abastecimento dos Kits de RT-PCR.

De acordo com o coordenador, felizmente o resultado da reunião foi positivo. Após o encontro, ficou estabelecido que o LAIVE/UFOB receberá insumos necessários para a realização dos testes RT-PCR em quantidade suficiente para mais dois meses.

No entanto, apesar da resolução desse problema ser considerado um passo importante, ainda existe outra questão que precisa ser resolvida.

Segundo o Prof. Jaime Amorim, desde o início de 2021, ficou acordado que o fornecimento dos reagentes necessários para a realização da primeira etapa dos exames é de responsabilidade dos municípios da Região Oeste.

“Agora a questão será sobre os kits de extração que são fornecidos pelo CONSOB (Consórcio Público Interfederativo de Saúde do Oeste). O gargalo será o abastecimento para extração de ácidos nucleicos, que está sendo feito pelos municípios”, explicou o coordenador.

Vale ressaltar que, desde o início da pandemia,  o LAIVE/UFOB já realizou mais de 10.000 exames de diagnóstico molecular do coronavírus, auxiliando na identificação e monitoramento de casos de COVID-19 em todos os municípios da Região Oeste.

LAIVE/UFOB receberá insumos suficientes para a realização testes diagnósticos de COVID-19 por mais 2 meses

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 20
Falabarreiras Notícias 42
Falabarreiras Notícias 43

Fala Barreiras