Siga-nos

Oeste

Governo do Estado promove investimentos no desenvolvimento econômico no Oeste baiano

Em 2021 foram quase R$ 3 bilhões exportados pela região Oeste, especialmente em soja, algodão e óleos vegetais…

Publicado

em

Desenvolvimento

Unidade beneficiamento quinoa | Foto: Divulgação Floryl

Responsável por 30% de todas as exportações baianas, o Governo do Estado trabalha para que a região Oeste da Bahia atraia novos investidores, fortaleça ainda mais a balança comercial e gere novos postos de trabalho para a população. Atualmente, dezenas de projetos, que estão em fase de implantação ou ampliação, possuem incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). Juntos, estes empreendimentos representam investimento da ordem de R$ 18,1 bilhões.

“A região Oeste, compreendida pelos territórios do Velho Chico e das bacias do Rio Grande e do Rio Corrente, com 41 municípios, conta com 38 projetos implantados ou ampliados de empresas incentivadas por benefícios fiscais, através da SDE. Somente no segmento de eletricidade e gás foram 18 empreendimentos que investiram quase R$ 8 bilhões. São investimentos vultosos na região e isso tudo é o resultado de um trabalho realizado pela SDE, através de benefícios fiscais e do acompanhamento que se faz aqui na secretaria, vencendo barreiras como as questões ambientais e a disponibilidade de créditos”, afirmou o secretário da SDE, José Nunes.

O secretário destacou que novos projetos devem ser iniciados. “A secretaria acompanha atualmente 34 projetos de empresas que apresentaram protocolos de intenções e estão em fase de implantação. Com a implantação dos projetos, a previsão é que sejam gerados mais oito mil novos postos de trabalho, através de um investimento de R$ 18 bilhões”. A pasta também acompanha 10 pleitos para assinatura de protocolos de intenção junto ao Estado, visando à implantação de unidades em cinco municípios do Oeste. Com a posterior implantação desses projetos, a expectativa é que sejam gerados mais de 500 empregos, com um investimento de R$ 2,7 bilhões.

Desenvolvimento
Instalações Enel Green Power, em Bom Jesus da Lapa | Foto: João Ramos

José Nunes destacou que, só no ano de 2021, foram quase R$ 3 bilhões exportados pela região Oeste, especialmente em soja, algodão e óleos vegetais. “São basicamente duas empresas, a Cargil Agrícola, e também a Bunge Alimentos. E todos esses produtos são destinados principalmente à China, que tem uma participação de quase 80% nessas exportações, seguida da França, com 11% e Alemanha

”. Dessa forma estão bem consolidadas a produção e a exportação no Oeste baiano. A secretaria trabalhando ainda na prospecção de outros segmentos, como produção de açúcar, por exemplo, no intuito de reforçar às exportações.

Serviço de Atendimento ao Empreendedor

Para facilitar a relação com o setor, a SDE vai implantar o Serviço de Atendimento ao Empreendedor (SAE), com unidades nos postos nas unidades da Rede SAC, para que os trâmites burocráticos próprios da atividade empresarial sejam realizados com mais fluidez e dinamismo. “Nós contamos também com o SAE, que está em implantação no município de Barreiras e é de grande importância. O SAE, regulado pela SDE, está estruturado com base no modelo de atendimento do SAC, disponibilizando unidades de atendimento nos postos da Rede SAC na capital e no interior”, explicou Nunes.

Desenvolvimento
Vinícula | Foto: Mateus Pereira/GovBA

O secretário afirma que a proposta é expandir os pontos de atendimento ao microempreendedor individual, às microempresas e às empresas de pequeno porte por meio de parceria com a Secretaria da Administração da Bahia (SAEB). “O foco é oferecer serviço especializado e orientações de forma ágil e eficiente para os empresários e novos empreendedores, garantindo dessa forma o funcionamento de um canal de atendimento empresarial estruturado e efetivo para os negócios de apoio técnico, objetivando o desenvolvimento socioeconômico das regiões onde estão instalados”.

Secom Bahia

Fala Barreiras