Siga-nos

Oeste

Atividades da Semana da Água mobilizam estudantes no oeste baiano

Publicado

em

Ascom UNB

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) promoveu na última semana, uma série de atividades em quatro municípios do Oeste da Bahia para comemorar o Dia Mundial da Água, celebrado no dia 22 de março. Com o tema “Mergulhe nessa causa”, cerca de 1,8 mil estudantes do ensino fundamental e médio de escolas de Barreiras, Cotegipe, Luis Eduardo Magalhães e Santana, participaram da ação institucional da Embasa, que tem o objetivo de alertar sobre a importância do uso racional da água.

01

Os estudantes puderam conferir um vídeo com encenação do grupo de teatro Embasart, formado por funcionários da Embasa, e depois participaram de um jogo de perguntas e respostas com direito a brindes para aqueles que acertassem. Ao final, foi distribuído um lanche para as crianças e adolescentes. O vídeo retrata, de forma bem humorada, como uma família tem o fornecimento de água suspenso depois de promover muito desperdício e receber uma conta pela qual não podem pagar.

Kedson Silva de Santana, estudante do 2º ano de nível médio do Colégio Estadual de Barreirinhas (CEB), ficou empolgado com as atividades e acredita que ele e os colegas passarão a se preocupar ainda mais com o desperdício de água dentro de suas casas. “Foi uma ação divertida em que ficou mais fácil ver como podemos parar de desperdiçar no dia-a-dia”, afirma. Já a diretora Suely Passos de Souza ficou bastante agradecida dessa parceria com a Embasa. “Aprendemos muito com essa ação. E todos, alunos e professores, com certeza, vamos mergulhar nessa causa”, afirma, ao se referir ao tema da Semana da Água da Embasa.

02

A assistente social da empresa, Geisa Mendes, acredita que, com o vídeo, a ação conseguiu atingir o seu objetivo de despertar no público a importância de combater o desperdício de água, pois ele aumenta o valor da conta do consumidor e é uma das formas de uso irresponsável desse recurso. “Muitas vezes, as pessoas não percebem que aquela gotinha que cai de um vazamento da torneira pode se transformar, caso não seja consertado, em um problema quando chegar a conta. É preciso trazer a responsabilidade para cada um de nós”, afirma.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *