Siga-nos

Brasil

Pesquisa aponta para segundo turno entre Dilma e Aécio

Publicado

em

Dilma, Aécio, Campos

Dilma, Aécio, Campos

Pesquisa Sensus divulgada neste sábado (3) indica que se as eleições fossem realizadas hoje, haveria votação em segundo turno. A presidente Dilma Rousseff (PT) teria 35% das intenções de votos, o senador Aécio Neves (PSDB) teria 23,7% e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) teria 11%, votos brancos e nulos e não sabe ou não respondeu, 30,4%. Juntos, Aécio e Campos têm 34,7% dos votos, praticamente a mesma porcentagem de Dilma (diferença de 0,3%). A margem de erro é de 2,2%.

 Em Uberaba, no Triângulo Mineiro, senador Aécio Neves (PSDB) afirmou neste sábado (3) que o povo brasileiro está “cansado” da atual política brasileira. A declaração foi dada em resposta à pesquisa que, pela primeira vez, aponta a possibilidade de segundo turno nas eleições presidenciais de outubro. “Essa pesquisa confirma um sentimento que nós percebemos no Brasil inteiro, de cansaço em relação a tudo que estamos assistindo. A falta da capacidade do governo de apresentar respostas claras a todas às demandas da sociedade e todas essas denúncias sucessivas de desvios, que de alguma forma impactam na avaliação do governo”, disse o senador.

Ainda segundo o pré-candidato tucano, as pesquisas refletem o momento, mas revelam o anseio por uma nova forma de governar. “As pesquisas, como nós sempre dissemos, é um momento, então nós temos de ter muita tranquilidade para continuar a trabalhar e apresentar ao Brasil uma nova proposta de seriedade, de eficiência na gestão pública. Mas claramente há hoje um cansaço grande em relação ao atual governo”.

No cenário da pesquisa com outros presidenciáveis, Dilma registra 34%, Aécio 19,9%, Campos 8,3%, Pastor Everaldo (PSC) 2,3%, Randolfe Rodrigues (PSOL) 1,0%, Eymael (PDC) com 0,4%, Mauro Iasi (PCB) 0,3%, Levy Fidelix (PRTB) 0,1%, brancos e nulos e não sabem ou não responderam, 33,9%.

Nas projeções de segundo turno numa eventual disputa entre Dilma e Aécio, a petista aparece com 38,6% e o tucano com 31,9%. Se a disputa for contra Eduardo Campos, a presidente da República registra 39,1% e o ex-governador de Pernambuco, 24,8%.

A pesquisa traz ainda os índices de rejeição dos principais presidenciáveis. Do total de entrevistados, 42% afirmaram que não votariam em Dilma de jeito nenhum. Já a taxa de rejeição de Eduardo Campos ficou em 35,1%; e a de Aécio Neves, em 31,1%.

A pesquisa do Instituto Sensus, de Belo Horizonte, presidido por Ricardo Guedes, está registrada no TSE sob protocolo nº BR-00094/2014. A mostra foi realizada com dois mil entrevistados, no período de 22 a 25 de abril, em todo o Brasil.

Fonte: Portal HD (Com Agência Estado)

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fala Barreiras