Siga-nos

Bahia

Seminário para agricultores familiares do Território do Sisal

Publicado

em

Por: Viviane Cruz

01Fortalecer a agricultura familiar e potencializar o acesso dos produtores rurais às políticas públicas do setor. Esse foi o propósito da segunda edição do Seminário de Apresentação de Políticas Públicas para Agricultura Familiar, realizado nesta quarta-feira (6), em Teofilândia, uma das cidades baianas que compõe o Território do Sisal, região que sofre intensamente os impactos deste período prolongado de seca. “A realização desse seminário oferece aos produtores rurais a oportunidade de conhecer as políticas públicas disponíveis e adequadas para atender às necessidades da região, para que eles possam ter acesso aos mecanismos de convivência com o semiárido”, afirmou o secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, parabenizando a prefeitura municipal de Teofilâdia pela iniciativa de realizar um seminário, de grande importância para toda a região sisaleira. Também estiveram presentes no encontro o diretor de Agricultura, João Bosco e a gerente da regional de Serrinha, Célia Dourado, ambos da Ebda.

De acordo com Eduardo Salles, a região do sisal é uma das mais importantes para a economia do Estado. Para ele, a ovinocaprinocultura, tanto de leite quanto de corte, por ser uma atividade mais resistente à seca e originar uma diversidade de produtos derivados, tem um grande potencial de crescimento na região, além do sisal. “A Seagri tem realizado diversas ações para estruturar a cadeia do sisal”, disse Salles, lembrando que, acompanhado pelo presidente da Associação dos Produtores de Sisal da Bahia, Misael Ferreira, foi à Brasília, e conseguiram aumentar o preço mínimo do sisal de R$ 1,24 para R$ 1,41, além de obter, junto ao Ministério da Agricultura (Mapa) o registro da mucilagem do sisal, para ser comercializada como ração animal.

“Na primeira edição do seminário estiveram reunidas lideranças das comunidades e produtores rurais, para através de um levantamento das demandas da região estabelecer as prioridades para fortalecer a agropecuária de Teofilândia. Todas as carências foram identificadas e discutidas as possíveis soluções”, lembrou o secretário da Agricultura de Teofilândia, Sergio Meireles, ressaltando que esta segunda edição do encontro foi o momento de trazer os gestores municipais e estaduais para apresentar e direcionar as políticas públicas que se enquadram na realidade da região, visando atender às demandas constatadas anteriormente.

Meireles destacou algumas das medidas realizadas pela prefeitura de Teofilândia, com o apoio do governo estadual. “Conseguimos através da Seagri a destinação de sete toneladas de milho subsidiados para venda balcão, e serão distribuídas, através da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (Ebda), vinculada à Seagri, 22 mil mudas de palma na zona rural do município. Segundo ele, será criado um fundo rotativo, e cada agricultor assumirá o compromisso de doar determinada quantidade de mudas a outros produtores. “Essa ação multiplicadora vai beneficiar toda a cadeia, causando um impacto muito positivo no município”, disse.

O secretário municipal também chamou a atenção para os desafios de reestruturação das atividades agrícola e pecuária da região, e apresentou um panorama desse cenário, destacando as culturas e potenciais do município, que sofreram grandes perdas significativas com a seca prolongada, a exemplo do sisal, cajucultura, ovinocaprinocultura, bovinocultura de leite e corte, olericultura e mandiocultura. “O objetivo desse seminário é definir mecanismos, que através de políticas públicas direcionadas e específicas possam alavancar a produtividade da região, em suas principais culturas potenciais”, destacou o prefeito de Teofilândia, Adriano de Araújo.

O prefeito elogiou o secretário Eduardo Salles “por sua forma diferenciada de administrar”, destacando que “esse contato direto que ele estabeleceu com o produtor rural fortalece a gestão do município por termos um aliado na esfera estadual”.

Homenagem

Entrega de homenagem para o técnico agropecuário da Ebda, Nilton Santos

Entrega de homenagem para o técnico agropecuário da Ebda, Nilton Santos

O técnico agropecuário da Ebda, Nilton Santos, foi homenageado durante o seminário por seus 33 anos dedicados à agricultura familiar. Ele, nascido no município de Água Fria, recebeu das mãos do prefeito Adriano de Araújo e do secretário da Agricultura Eduardo Salles, uma placa comemorativa. “É gratificante o reconhecimento de um trabalho que sempre foi feito com muito afinco e dedicação, com o objetivo de atender os produtores rurais da melhor maneira possível”, declarou o técnico agropecuário. Para Salles, o técnico da Ebda é um herói da resistência, um exemplo de dedicação que deve ser seguido pelos demais colaboradores da Empresa.

Fonte: Ascom Seagri

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *