Siga-nos

Bahia

Rui inaugura serviço de hemodinâmica no Hospital Ernesto Simões e visita obras no Octávio Mangabeira em Salvador

Publicado

em

Foto: Elói Corrêa/GOVBA 

Na manhã desta segunda-feira (21), o governador Rui Costa inaugurou as obras de implantação do serviço de hemodinâmica do Hospital Geral Ernesto Simões Filho (HGESF) e vistoriou as obras de reforma e adequação do Hospital Especializado Octávio Mangabeira (HEOM), ambos no bairro da Caixa d’Água, em Salvador. Juntos, os investimentos representam mais de R$ 40 milhões, realizados por meio da Secretaria da Saúde (Sesab). 

“A ideia é melhorar a produtividade do Ernesto Simões porque esses pacientes teriam que sair para ir para outro hospital de referência e, com esse equipamento, você pode tanto agilizar o atendimento dos pacientes que estão internados como também agilizar a regulação, recepcionando os pacientes que estão em outras unidades ou até mesmo nas UPAs”, explicou Rui, que lembrou que o mesmo serviço também foi instalado no Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, e no Hospital de Base de Vitória da Conquista.  

O investimento realizado no HGESF foi de, aproximadamente, R$ 2.350.000,00, referente a obras físicas e equipamentos. Na unidade, serão ofertados tratamento de doença arterial dos membros inferiores; tratamento endovascular de obstruções venosas; tratamento endovascular de hemorragia digestiva; tratamento endovascular de pseudoaneurisma e acessos vasculares complexos. 

Octávio Mangabeira 

No HEOM, unidade de referência de atenção às urgências e de atenção à pessoa com doença crônica, o investimento total na reforma e adequação é de R$ 38.201.467,69. O hospital vai funcionar com capacidade para 179 leitos, distribuídos em clínicos, UTI adulto e pediátrico, isolamento e cirúrgicos. 

“É uma reforma ampla, inclusive com a mudança do perfil da unidade hospitalar. Está prevista para entrega no próximo mês de março. Ir além da conta do perfil que já mantinha de doenças do aparelho respiratório Ele vai agregar, também, tratamento de doenças de cabeça e pescoço clínico e cirúrgico, pediatria e adulto”

, detalhou a secretária da Saúde, Adélia Pinheiro. 

Na Bahia, entre 2015 e 2022, foram aplicados R$ 55 bilhões em obras, aquisição de equipamentos e recursos humanos na área da saúde. Foram construídos 21 grandes hospitais, além da ampliação e/ou regionalização de unidades municipais. O tratamento do câncer e cirurgia do coração foi implantado em quase todos os núcleos de saúde. 

Na atenção básica, foram realizadas 2.500 ações de construção, ampliação e equipamentos. O mutirão de cirurgias eletivas contratou 167.672 procedimentos cirúrgicos. 

Visita 

No mesmo bairro, o governador aproveitou para vistoriar as obras de reforma do Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque. Rui também visitou os novos equipamentos esportivos que estão sendo construídos na escola, dentre eles, campo de futebol society, com grama sintética, quadra poliesportiva coberta e piscina semiolímpica.  

Repórter: Lina Magali 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fala Barreiras