Siga-nos

Bahia

Parque das Dunas recebe título de Posto Avançado de Preservação dado pela UNESCO

Publicado

em

Thiara Reges

Jorge Santana, Clayton Lino e Ivanilson Gomes

Jorge Santana, Clayton Lino e Ivanilson Gomes

O Parque das Dunas de Salvador, localizado na Praia do Flamengo, recebeu na manhã dessa terça-feira (25) o título de Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (RBMA). A certificação é um significativo reconhecimento da importância ecológica e do trabalho de preservação desenvolvido no espaço. Ao se tornar um Posto Avançado, o Parque das Dunas passa a atuar como centro de difusão dos principais projetos da RBMA, integrando as mais abrangentes Redes de Instituições voltadas à conservação do bioma Mata Atlântica, reconhecidas pela UNESCO. Com o título, o primeiro recebido pela cidade de Salvador, a Bahia torna-se o estado com o maior número de postos avançados do país.

No evento, estiveram presentes o presidente do Conselho Nacional do RBMA, Clayton Lino, representantes da Prefeitura Municipal de Salvador através da Secretaria Cidade Sustentável (SECIS) e Secretaria de Urbanismo e Transporte, pesquisadores, empresários e membros de ONG’s de atuação ambiental. Segundo Clayton, a capital baiana está de parabéns por ter recebido o título mediante aprovação unânime do Conselho Nacional do RMBA. Ele destacou a importância da atuação integrada de várias instituições para a obtenção da certificação. “Para ser reconhecido como postos avançados são fundamentais a qualidades próprias do lugar, mas também o trabalho que está por trás disso. Aqui temos um trabalho de 20 anos em parceria com a Prefeitura e outras instituições”.

O secretário da SECIS, Ivanilson Gomes, chamou atenção para os avanços futuros proporcionados pelo recebimento do título. “Ao transformar em um Posto Avançado uma área tão importante para a cidade damos um passo importante para garantir a sua preservação, explorando o turismo ecológico consciente e a pesquisa. Sem sair da cidade, estudantes tem a oportunidade de entender como funciona um dos ecossistemas mais complexos do mundo”

Emanuel Mendonça, diretor de Licenciamento e Fiscalização Ambiental de Salvador, ressaltou a importância da preservação do Parque das Dunas para a manutenção de aspectos climáticos da capital. “A flora e a fauna daqui influenciam drasticamente na preservação do microclima da cidade. Essa também é uma chance de ganharmos mais força para preservarmos essa área e mostrarmos ao planeta que Salvador está interessada em aliar desenvolvimento e sustentabilidade”.

Os Postos Avançados são centros de divulgação de ideias, conceitos, programas e projetos desenvolvidos pela RBMA. Para se torna um Posto Avançado, o Parque comprovou, de forma regular e mensurável, ações significativas nas três funções básicas exigidas pela Reserva da Biosfera – proteção da biodiversidade, desenvolvimento sustentável e, conhecimento científico e tradicional sobre a Mata Atlântica. “Somos uma Organização voltada para ações Ambientais e Sociais. Foram essas ações Socioambientais, que nos levaram ao Título e que chancelaram as ações realizadas pelo Parque”, explicou Jorge Santana, fundador e presidente do Parque das Dunas.

Legalmente as Reservas da Biosfera são definidas como espaços com “modelo de gestão integrada, participativa e sustentável dos recursos naturais, que tem por objetivos básicos a preservação da diversidade e o desenvolvimento das atividades de pesquisa científica, para aprofundar o conhecimento dessa diversidade biológica, o monitoramento ambiental, a educação ambiental, o desenvolvimento sustentável e a melhoria da qualidade de vida das populações” (Lei Federal Nº 9.985/2000). As Reservas da Biosfera são geridas por um Conselho Nacional, formado por representantes de instituições públicas, organizações da sociedade civil e de populações residentes.

Visited 1 times, 1 visit(s) today
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *