Siga-nos

Bahia

Corpo de Bombeiros divulga mudanças na operação de combate aos incêndios na Bahia

Em Barreiras, o Corpo de Bombeiros continua no povoado da Nanica. Dois aviões que estavam atuando em Lençóis foram deslocados para Uibaí.

Publicado

em

Nesta sexta-feira (24), o Corpo de Bombeiros divulgou a realização de algumas mudanças na estratégia utilizada para o combate ao fogo durante a Operação Florestal Bahia 2021.

Em nota, a instituição informou o remanejamento de 2 aeronaves que estavam atuando em Lençóis para a região de Uibaí. O objetivo dessa mudança é reforçar os trabalhos de lançamento de água e monitoramento aéreo nesse município.

Vale lembrar que a Operação Florestal Bahia 2021 foi criada para coordenar o combate à incêndios florestais que têm devastado a Chapada Diamantina, a Região Norte e a Região Oeste da Bahia.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os locais afetados pelas chamas são muito íngremes, de difícil acesso e com vegetações fechadas e espinhosos. Por isso, bombeiros e brigadistas voluntários têm dificuldade para acessar em algumas áreas.

Ainda em nota, o Corpo de Bombeiros informou o que está sendo feito, no momento, para combater as queimadas nos munícipios baianos atingidos pelos incêndios.

Confira abaixo:

Atualização do Corpo de Bombeiros sobre a Operação Florestal Bahia 2021

Corpo de Bombeiros divulga mudanças na operação de combate aos incêndios na Bahia

Barreiras

O combate permanece no povoado da Nanica de forma direta e indireta, com o apoio de duas aeronaves. Os bombeiros perceberam alguns pontos de possível reincidência das chamas, os quais foram mitigados pela guarnição.

Luís Eduardo Magalhães

Na comunidade de Sangueiro, o combate continua sendo realizado de forma indireta. Para isso, os bombeiros estão aceirando as bordas de uma grande área atingida pelas chamas.

Os brigadistas também identificaram um novo foco de incêndio próximo a Mata do Puba, que foram combatidos de forma direta.

Para ajudar na operação, dois aviões Air Tractor tem sido utilizados para dar apoio aéreo.

Morpará

Os bombeiros continuam combatendo o incêndio na região da Serra da Ema. Para isso, eles têm se organizado em dois grupos de trabalho. Dessa forma, eles continuam com as ações dos dias anteriores e resfriam os pontos quentes, passíveis de se tornarem um novo foco.

Além disso, os bombeiros conseguiram proteger residências e fizeram o combate direto nas chamas que se aproximavam de várias propriedades.

Angical

O combate ao fogo tem se concentrado no povoado de Barriguda dos Morais. Os militares evitaram que o incêndio atingisse um pasto com gado e algumas residências no povoado.

Eles também atuaram numa grande reserva de transição (caatinga e cerrado), realizando o combate direto ao fogo e construindo aceiros para evitar a propagação das chamas.

Buritirama

Nesse município, os bombeiros têm se concentrado na região de Clemente de Baixo e na localidade de Tanque Novo. Eles também percorreram todo o perímetro do foco, resfriando de pontos quentes e construindo aceiros com cortes de troncos e galhos em brasa.

Riachão das Neves

Por enquanto, o combate ao incêndio acontece no povoado Castelo Rio Branco.

Barra

Os bombeiros estão concentrados no combate ao fogo na comunidade do Igarité.

Ibotirama

Nesse munícipio, os bombeiros estão atuando na BR 242.

Formosa do Rio Preto

Nesse caso, a operação segue ocorrendo na região do Ouro.

Macaúbas

Os bombeiros conseguiram combater o fogo no povoado de Cadin e ainda conseguiram preservar as residências em risco. Além disso, eles fizeram o rescaldo da localidade e iniciaram o monitoramento.

Lençóis

A operação continua na região de Tanquinho. Para isso, os bombeiros foram divididos em dois grupos de trabalho, que estão monitorando algumas áreas atingidas com o apoio de duas aeronaves.

Uibaí

Os bombeiros permanecem combatendo na região Eólica de Uibaí com o apoio de brigadistas e voluntários.

Pilão Arcado

O trabalho de combate à incêndios continua na região de Lago Grande.

Campo Alegre de Lourdes

Com o apoio de drone, os bombeiros estão verificando a existência de pontos quentes.

Rio de Pires

Os bombeiros localizaram 3 pontos de calor na Serra do Quilombo e já iniciaram o combate direto às chamas.

Barreiras Notícias - Fala Barreiras