Siga-nos

Bahia

100 mil famílias baianas em risco de perder descontos na conta de luz: Saiba como evitar

Desconto de até 65% na Tarifa Social de energia elétrica pode ser cortado se dados no CadÚnico não forem atualizados

Publicado

em

Tarifa Social de Energia Elétrica

Manter os dados atualizados no CadÚnico é crucial para continuar usufruindo da Tarifa Social | Foto: Daniel Reche/Pexels

Cerca de 100 mil famílias na Bahia estão prestes a perder o benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), de acordo com informações da Neoenergia Coelba. Salvador, Feira de Santana, Itabuna, Vitória da Conquista e Jequié lideram a lista de cidades com o maior número de famílias em risco.

A TSEE, um programa federal, oferece descontos que podem variar de até 65% para famílias de baixa renda cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico) ou no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e até 100% para quilombolas e indígenas. O benefício é especialmente relevante no atual cenário econômico e tem sido um alívio financeiro para muitas famílias.

Para manter o desconto, os beneficiários precisam atualizar suas informações no CadÚnico. A Neoenergia Coelba, ciente da importância do programa, registrou proativamente mais de 100 mil famílias em 2023, mas ressalta a necessidade da manutenção de dados atualizados para a continuidade do benefício.

O Ministério da Cidadania e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) são responsáveis por identificar famílias em risco de perder o benefício. Essas famílias são notificadas por meio de suas faturas de energia e orientadas a regularizar a situação. Em caso de dúvidas, o número 121 do Ministério da Cidadania está disponível para esclarecimentos.

Se você foi notificado, procure o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de seu município para atualizar sua documentação. A Neoenergia Coelba também estima que mais de 1,2 milhão de famílias têm direito à TSEE, mas enfrentam obstáculos no cadastramento automático, pois muitos titulares do NIS (Número de Identificação Social) não são os titulares da conta de energia.

Como se cadastrar na Tarifa Social

Se você deseja se cadastrar na Tarifa Social, primeiro, é necessário estar inscrito no CadÚnico. As famílias de baixa renda podem obter o NIS em um Cras local. O cadastro também pode ser feito online através do site da Neoenergia Coelba, informando o número da conta contrato e o NIS. Após a validação dos dados, o prazo para inclusão na Tarifa Social é de cinco dias úteis. O mesmo procedimento é válido para os beneficiários do BPC, que devem fornecer o Número do Benefício (NB).

Para aqueles que possuem o NIS mas não são os titulares da conta de energia, é necessário incluir o CPF e o RG do portador do NIS durante o processo de solicitação online.

Da redação do Portal Falabarreiras.com com informações da Neoenergia Coelba