Siga-nos

Meio Ambiente

Fraldas ecológicas voltam a ser tendência e são um alívio para o meio ambiente – e para o bolso

Opções laváveis e reutilizáveis de fraldas reduzem o impacto ambiental na produção de lixo e ainda diminuem os gastos com os bebês…

Publicado

em

Fraldas Ecológicas

Popularizadas desde os anos 1990 no Brasil, as fraldas descartáveis foram vistas, por muito tempo, como uma evolução das versões de pano. O que pouca gente sabe é como a produção delas impacta de maneira negativa o meio ambiente. Levando mais de 450 anos para se decompor, as fraldas utilizam derivados de petróleo e celulose de árvores de monocultura, entre outros componentes, que podem ser prejudiciais tanto para a natureza quanto para o bebê. E ainda por cima, são utilizadas em grande quantidade – dependendo da fase, uma criança pequena pode usar uma média de cinco até oito fraldas por dia.

Para solucionar este problema, algumas soluções começam a surgir no mercado, e com acesso mais fácil e prático. A startup Verdê Kids, por exemplo, é especializada em curadoria de produtos eco friendly para os pequenos, e oferece algumas opções de fraldas ecológicas. No e-commerce da empresa, é possível encontrar, por exemplo, a marca Bebês Ecológicos, pioneira no Brasil em fraldas sustentáveis, pesquisando e aprimorando seus produtos desde 2009.

Diversos modelos atendem variadas necessidades dos pais. A Bebês Ecológicos apresenta, por exemplo, a coleção Bela Gil, com fraldas de tamanho único ajustáveis com botões, permitindo a regulagem para bebês de 5 a 17 quilos. “É uma opção que pode ser usada desde os três meses até o desfralde”, explica Johny Dallasuanna, um dos sócios da startup, ao lado de Mariana Alves e Mayara Marenda Narita. “Aqui, o absorvente é fixado na fralda, com tecido de rápida absorção”, complementa.

Já as coleções Pequenitas (para recém-nascidos com até três meses) e PUL (a partir dos três meses até o desfralde), com fechos em velcro ou botões, contam com os materiais absorventes separados, permitindo maior variedade e praticidade na hora de higienizar. Uma sugestão é incluir com a fralda e o absorvente uma capa protetora antivazamento. Outra opção é o uso do contorno, ao invés da capa, ideal para uso noturno, diminuindo o risco de vazamento e, também, de sujar a fralda.

Preços e economia

Fraldas Ecológicas

As fraldas Pequenitas saem numa média de R$ 45,90 cada, a capa para recém-nascidos a R$ 20,90 e um absorvente a R$ 17,90. A partir dos três meses, as opções são as fraldas Bela Gil (R$ 69,90 cada), e PUL (R$ 58,90 cada), com os absorventes tamanho único (R$ 18,90 cada), além da capa antivazamento (R$ 20,90) e do contorno absorvente (R$ 27,90).

“Apenas uma fralda ecológica usada dos três meses ao desfralde evita com que 900 sejam descartadas”, explica Mayara. “Isso significa que, comprando apenas uma fralda com dois absorventes e uma capa, usando uma vez ao dia, por exemplo, você pode economizar mais de R$ 700 até o desfralde, comparado aos gastos com fralda descartável”.

Algumas pessoas argumentam que, pelo alto número de lavagens, a quantidade de água e energia para higienizar as fraldas ecológicas mantém o valor aproximado de gastos e de impactos ambientais de uma fralda descartável. Mas isso não é verdade. O uso doméstico de água para lavagem dos produtos é muito menor do que o utilizado na produção das descartáveis. Esta água pode, inclusive, ser reaproveitada: “pode-se usá-la em compostagens ou para rega de plantas”, complementa Mayara. Além disso, as fraldas descartáveis utilizam celulose de árvores em monocultura – que geram prejuízos ao meio ambiente. É um ganho tanto para a sustentabilidade quanto para o bolso.

Adaptação

Fraldas Ecológicas

Para quem já faz uso das descartáveis, a Verdê Kids sugere uma fase de adaptação. Uma boa pedida é incluir o uso de uma ou duas fraldas na rotina do bebê, e ir intercalando os modelos, acompanhando a aceitação do pequeno. As fraldas ecológicas não causam assaduras, que podem ocorrer por outros fatores, mas ainda assim, no site há pedidas de pomadas orgânicas. “Qualquer escolha, por menor que seja, faz bem para o meio ambiente e é um alívio para a pele do seu bebê”, finaliza Mariana.

Os produtos citados podem ser encontrados no site www.verdekids.com.br. Nas redes sociais da startup, também é possível encontrar diversas dicas para o uso das fraldas ecológicas: www.instagram.com/verde.kids.

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 20
Falabarreiras Notícias 42
Falabarreiras Notícias 43

Barreiras Notícias - Fala Barreiras