Siga-nos

Dicas Culturais

Lucas Senzalla, nascido para o sucesso

Publicado

em

Por: Osmar Ribeiro

01Tomando como princípio o pensamento de Marcus Cícero, “não há nada que não se consiga com a força de vontade, a bondade e, principalmente, com o amor”, nasceu um sonho na cidade de Barreiras. Em janeiro de 2012, com apenas 18 anos, o cantor e compositor Lucas Senzala resolveu gravar o seu primeiro CD. Ainda sem banda e recursos para concretizar o seu projeto buscou parceiros e apresentou o seu trabalho, que rapidamente teve uma grande aceitação por onde passou.

Essa aceitação mostrou para Lucas que nem tudo está perdido, basta você ter força de vontade para lutar até alcançar seus objetivos. E com o irmão mais velho Tiago Zans, produtor e tecladista, começou a produzir o seu primeiro CD, intitulado “Raízes” no Studi o TC Music, aqui mesmo em Barreiras.

Para participar da gravação do seu álbum, Lucas convidou alguns amigos músicos, e foi aí que a banda começou a tomar corpo, tornando-se uma banda de qualidade, que tem agradado a todos que ouvem o seu som.

Do nascimento da banda até o estágio atual, Lucas evoluiu por compreender que a distância entre os sonhos e a realidade, é apenas a sua força de vontade.

Ouça o song de Sorriso Pintado, música de trabalho da banda, “O clipe da música mais pedida do album ‘Raízes’. Uma parceria com Ôpa! Filmes, Aiôa ideias e TC Music Studio, o clip ficou lindo!”.

“Senzalla é o nosso mundo, é o passado que vivemos, é o presente que vivemos, o que nos diferencia do passado é hoje viver escravizados, pela miséria, pobreza e corrupção”, essa frase de Lucas demonstra o espírito da banda, que tem no reggae a pulsação do sentimento de que a felicidade depende da força de vontade e determinação, aceitando isso como verdade.

“Nada conseguiria sem a força de Deus e o apoio de todos vocês”, finaliza Lucas.

Clique nas miniaturas para ampliar a foto:

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fala Barreiras