Siga-nos

Dicas Culturais

Artista barreirense desenvolve pesquisa sobre teatro multimídia na Bahia

O artista barreirense Danilo Lima pesquisa sobre teatro multimídia desde 2015 e compartilhou informações importantes sobre o tema num site.

Publicado

em

Estudar a relação do teatro com as tecnologias digitais foi um dos objetivos da pesquisa do artista barreirense Danilo Lima. Pesquisador de Arte e Tecnologia no Grupo de Pesquisa Poéticas Tecnológicas: corpoaudiovisual da UFBA e crítico teatral, pesquisa sobre teatro multimídia desde 2015. Ele foi contemplado com o Edital Estadual Jorge Portugal via Lei Aldir Blanc e pode reunir informações importantes sobre o cenário do teatro digital na Bahia num site.

Intitulada “Tecnologias Digitais no Campo Teatral: procedimentos no corpo para a cena multimídia”, o estudo é focado no intercâmbio entre os estudiosos do teatro que surgem na cultura digital, assim como na consolidação desta área multidisciplinar de estudos.

A partir das análises sobre a situação atual, os impasses, as mudanças, as prioridades e a historiografia do teatro realizado na Bahia concebidos com as tecnologias digitais, a pesquisa resultou numa composição interativa, sintética e ruidosa.

Por isso, artistas que investigam as convergências entre artes cênicas, performance at e tecnologias digitais podem encontrar no site https://www.teatromultimidia.com.br/ uma cartografia com fotos de encenações teatrais realizadas no território baiano, em diferentes anos, com uma predominância de criação a partir do início da década passada, 2010.

Nesse período, somente uma obra foi concebida em uma região que não fosse Salvador, capital baiana. De acordo com Danilo Lima, isso indica que essas experimentações estão sendo elaboradas em um centro, mesmo que obras como Arquivo 64/15 Porões da Ditadura (COATO Coletivo) e Enquanto as Horas não Param (Wallas Moreira) já tenham sido apresentadas em cidades do interior da Bahia, possibilitando uma aproximação de públicos com a filmagem e projeção em tempo real na cena.

Artista barreirense Danilo Lima

Referências e conteúdos da pesquisa

As fotografias que compõe o site, possibilitam ao internauta observar a visualidade que aquela cena foi elaborada em contato com a filmagem e projeção. Ângulos, suportes para projeção, quais dispositivos de filmagem, também são informações que podem ser percebidas.

Na aba G.E. CULT-Digital

, o interessado pode encontrar prints dos encontros realizados entre os pesquisadores do tema, que discutiram sobre telepresença a partir das obras de Eduardo Kac, cultura digital e dança com as contribuições teóricas de Ivani Santana, ciências cognitivas em contato com a recepção artística por meio de estudos sobre crítica da dramaturga Sara Rojo.

Rojo estimulou os pesquisadores a pensar aspectos decisivos sobre as obras concebidas em contexto de estudantes de graduação, que também foram integradas no site, reconhecendo que elas possuem rupturas com cânones de uma história da arte e buscam assentar o aqui agora.

Como convidado, o artista multimídia Enrique Franco esteve acompanhando os encontros e apresentando pontos de discussão entre programação digital, performance digital e criação artística no ambiente universitário.

Durante todo o processo de pesquisa do projeto Tecnologias Digitais no Campo Teatral, o coordenador e gestor do projeto, artista interdisciplinar, Danilo Lima, esteve elaborando procedimentos corporais que foram filmados em vídeos curtos, apresentando repertório de gesto e movimento para o obturador da câmera e seu espaço de tela.

Desenhos de ações performativas criadas durante seus estudos na especialização em estudos contemporâneos em dança na UFBA foram transportados para a mídia do vídeo, abrindo assim, o seu diário de bordo criativo que também pode ser conferido no site, como colagens, e de modo interativo.


Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 20
Falabarreiras Notícias 42
Falabarreiras Notícias 43

Barreiras Notícias - Fala Barreiras