Siga-nos

Big Brother Brasil

BBB 21: A “branquitude” de Carla Diaz incomoda Lumena

Confira as falas da psicóloga que tem causado revolta no público do programa…

Publicado

em

Carla Diaz

A dupla mais problemática do BBB 21, Karol Conká e Lumena, parece ter definido um novo alvo para ser atormentado na casa. Dessa vez, a dupla pretende desestabilizar a atriz Carla Diaz, que passou a ser vítima de diversos ataques das participantes.

Até o sorriso de Carla Diaz incomoda

Durante conversa com Nego Di, Karol Conká alegou que Carla Diaz age como um personagem, que é falsa e que deseja desestabilizar a sister durante o programa.

“Eu quero que ela se perca, eu quero que ela se desestabilize para mostrar que realmente eu estou no páreo”, disparou Karol.

Até a forma como a atriz sorri se tornou alvo de ataques da rapper.

“A risada é calculada, até o riso dela é calculado, o tom de voz é calculado, repare, eu não estou louca”, comenta a rapper sobre Carla Diaz.

O ataque de Lumena

Os comentários de Karol Conká geraram muita repercussão negativa entre os fãs do programa, mas nada supera o efeito da postura que a psicóloga Lumena adotou diante da atriz Carla Diaz.

Durante uma conversa com a rapper na madrugada desta terça-feira, Lumena voltou a usar a questão racial para atacar a atriz.

“Carla tem egotrip cagada de transbordando ali. Toda cagada na m*rda da branquitude. Toda cagada na branquitude.”, disse a psicóloga.

Mais tarde, em outra conversa com a MC Pocah, Lumena disse que se sente desrespeitada por Carla Diaz desde o início do programa e que atriz age de forma invasiva.

“Não consigo ter uma memória com a Carla que eu não me sentisse invadida ou exposta”, disse a sister.

Em outro ponto polêmico da conversa, Lumena e Karol comparam a amizade de Carla com João e Camilla com a escravização indígena que ocorreu durante o período da colonização do país.

Público se revolta com os comentários

O impacto das falas de Karol Conká e, principalmente, Lumena revoltou o público das redes sociais, que alega que Carla Diaz tem sido vítima de perseguição e ataques psicológicos dentro do programa, já que não fez absolutamente nada para ser alvo de ataques tão pesados.

As falas da psicóloga chegaram a reacender debates sobre racismo e sobre a existência do racismo reverso entre o público. Os fãs do programa e ativistas dos movimentos negros alegam que Lumena está usando pautas sérias, de lutas dos negros pela igualdade, em causa própria e, principalmente, de maneira errada.

O comentário sobre escravização indígena também repercutiu mal nas redes sociais. Ana Patté, integrante da APIB (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil), fez uma declaração no Instagram a respeito das falas de Lumena e Karol.

“Essa fala, carregada de racismo, de violência histórica, reforçando o estereótipo de bom selvagem, que anula toda história de massacre e extermínio dos povos indígenas, na invasão do Brasil, com projeto de colonização”, afirmou Ana.

Seja integrante de nosso grupo de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 42