Siga-nos

Barreiras

PROJETO CARROCEIROS:
LOBO Infantil apresenta projeto sobre uso de animais para trabalho ou transporte em Barreiras

O Projeto Carroceiros não visa criminalizar carroceiros, mas orientá-los para que isso seja feito corretamente. Entenda a sua proposta!

Publicado

em

Quem percorre as ruas de Barreiras certamente já se deparou com alguma carroças, aqueles carros de madeira puxados por animais, geralmente cavalos, burros ou jegues. Embora esses veículos façam parte da cultura e da paisagem urbana da cidade, a verdade é que seu uso transparece problemas sociais e, em muitas casos, esconde a violência contra os animais.

Diante desse cenário, a ONG LOBO, por meio da Liga Infantil, resolveu se mobilizar para tentar mudar a realidade das pessoas e dos animais envolvidos nesse tipo de atividade.

Por isso, a Organização elaborou o Projeto Carroceiros, que visa melhorar a qualidade de vida dos proprietários de veículos movidos por tração animal e ainda garantir o bem-estar desses animais.

Mas como exatamente o projeto pretende resolver essas questões?

Para responder essa pergunta e entender melhor do que se trata esse projeto, confira os próximos tópicos.

Como deve funcionar o Projeto Carroceiros?

Para alcançar as melhorias nas vidas dos proprietários e animais de tração do município, a concretização do Projeto Carroceiros permitirá a realização de ações de orientação e execução de toda e qualquer ação relacionada ao uso de animais para trabalho e/ou transporte, seja de carga ou de pessoas, especialmente cavalos, no município de Barreiras.

Vale ressaltar que o objetivo do projeto não é criminalizar ou impedir os carroceiros de realizarem seu trabalho.

Até porque, como foi constatado pela própria ONG LOBO Infantil, muitas vezes o animal que puxa a carroça é o único bem da família ou do proprietário. Por isso, além de fonte de renda, esses animais também são patrimônio dessas pessoas e são fundamentais para que elas tenham um trabalho.

“Lendo o projeto, você vai perceber que há alguns pontos que abordamos com uma visão mais humanitária e real da defesa dos animais. Por exemplo: sabemos que não é todo e qualquer carroceiro que “sobrecarrega o seu animal e/ou maltrata”, assim como não é todo “morador de rua ou andarilho” que não cuida de seu cãozinho. Os maus tratos estão relacionados à “classe mais baixa”, quase que exclusivamente por conta de falta de orientação ou recursos, enquanto em outras classes mais esclarecidas e economicamente estáveis, os maus tratos estão relacionados a teima, poder ou maldade mesmo”, explica Rita Pondé, da ONG LOBO Infantil.

Nesse contexto, as ações realizadas através do projeto têm o intuito de orientar e contribuir para que ambos os grupos, animais e proprietários, sejam beneficiados.

Projeto Carroceiros: LOBO Infantil apresenta projeto sobre uso de animais para trabalho ou transporte em Barreiras
Foto/reprodução: Clube do Cavalo.

Como deve ser executado o Projeto Carroceiros?

Para alcançar todos os objetivos citados acima, a proposta inicial é que o projeto seja executado em 4 etapas:

  • Cadastramento ou conhecimento estatístico de quantos animais/carroceiros existem em Barreiras;
  • Reunir todos os carroceiros identificados no Parque de Exposições para orientação sobre os cuidados básicos dos animal;
  • Realização de exames de sangue em todos os animais, com o objetivo de averiguar o estado de saúde de cada um deles e, se necessário, realizar os procedimentos necessários em caso de problemas;
  • Promover ações de educação no trânsito para carroceiros.

No entanto, de acordo com o texto do projeto, se necessário essas etapas ainda podem passar por ajustes e amplificações durante sua execução. Afinal, o objetivo é promover, junto com todos os envolvidos, a harmonia de interesses, a fluidez do trânsito, o progresso do negócio, a saúde pública e mormente, o bem estar do animal.

Quando o Projeto começará a funcionar?

De acordo com Rita Pondé, integrante da ONG LOBO Infantil, o texto do projeto foi apresentado à Câmara de Vereadores de Barreiras em 2018, já que o apoio do Poder Público numa ação tão importante é fundamental para que ele seja executado com sucesso.

No entanto, esse texto não foi avaliado até hoje. Por isso, enquanto não recebe o parecer sobre essa proposta, os integrantes da LOBO Infantil seguem sonhando com o dia em que será possível realizar um projeto de conscientização e promoção social desse porte em Barreiras.

“Sonhamos em obter na CIT uma rede de apoio aos cavalos que atinja desde as carroças até os donos de haras… Sonhamos mais, que as carroças sejam alçadas à “transporte especial” e respeitadas como símbolo de tradição”, declara Rita Pondé.

Sendo assim, com a iniciativa do Projeto Carroceiros, será muito mais fácil evitar que cenas lamentáveis de maus-tratos e esgotamento de animais, como as registradas abaixo, ocorram em Barreiras.

Projeto Carroceiros: LOBO Infantil apresenta projeto sobre uso de animais para trabalho ou transporte em Barreiras
Projeto Carroceiros: LOBO Infantil apresenta projeto sobre uso de animais para trabalho ou transporte em Barreiras
Foto/reprodução: Hora de Porto Belo
Projeto Carroceiros: LOBO Infantil apresenta projeto sobre uso de animais para trabalho ou transporte em Barreiras
Foto/reprodução: Diário de Viamão.

Fala Barreiras