Siga-nos

Barreiras

II Marcha pelo Fim da Violência Contra as Mulheres é realizada em Barreiras

O evento foi realizado pela Casa da Mulher Barreirense

Publicado

em

Violência Contra as Mulheres

Na manhã desta quarta-feira (30), aconteceu a II Marcha pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, que teve início na praça Castro Alves se deslocando pela Avenida ACM, no centro da cidade de Barreiras, Oeste da Bahia.

O evento foi realizado pela Casa da Mulher Barreirense, sendo que a marcha faz parte do movimento pelos 21 dias de ativismo pelo fim da violência contra mulheres e meninas. Trata-se de uma mobilização educativa e de massa que luta pela erradicação desse tipo de violência e pela garantia dos Direitos Humanos das mulheres.

O movimento foi criado em 1991 por mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global e Mulheres (CWGL), localizado nos EUA em alusão ao movimento intitulado “as mariposas”, em homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, assassinadas em 1960, na República Dominicana. Mulheres que foram submetidas às mais diversas situações de violência e tortura, dentre elas, o estupro. Estas irmãs foram silenciadas pelo regime ditatorial de Rafael Trujillo, no dia 25 de novembro de 1960. Atualmente a manifestação acontece em 159 países.

Violência Contra as Mulheres

Para a ONG Forte Por Ser Mulher e para a Casa da Mulher Barreirense, esta campanha representa um marco no aprofundamento das políticas de combate à violência de gênero, feminicídio e outras formas de agressões no âmbito familiar e também no trabalho.

A marcha teve o propósito de chamar a atenção da sociedade para o assunto e cobrar das instituições que fazem parte da rede de proteção aos Direitos e Defesa da Mulher, políticas públicas voltadas para o enfrentamento da questão.

O evento teve a participação de várias autoridades e instituições, como a Ronda Maria da Penha, do CRAM, do CRAS, Conselho Tutelar e outros.

Violência Contra as Mulheres

Reportagem de Jadiel Luiz/Blog do Sigi Vilares

Fala Barreiras