Siga-nos

Barreiras

Barreiras recebe grande evento científico liderado pela UFOB

1º SAMBA – Simpósio Multidisciplinar de Big Data Analytcs, contou com a participação de pesquisadores, estudantes, profissionais e parceiros de órgãos públicos…

Publicado

em

Big Data Analycts

Os eventos acadêmicos permitem aos seus participantes além do acesso a informações atualizadas na sua área profissional ou de estudo, uma facilidade maior nas relações e trocas que se estabelecem entre os pesquisadores. Além disso, são ótimas oportunidades para discutir, divulgar e compartilhar pesquisas e trabalhos mais recentes sobre uma área do conhecimento ou sobre um tema específico.

Foi com esse objetivo que o 1º SAMBA –  Simpósio Multidisciplinar de Big Data Analytcs, realizado nos dias 21 a 24 de novembro, em Barreiras (BA), cidade sede da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), se consagrou como um dos maiores eventos acadêmicos multidisciplinar, apresentando as experiências e soluções desenvolvidas pela Rede Data Science BR no âmbito da pesquisa científica e aplicada em Big Data Analytics.

O evento foi híbrido com possibilidade de participação presencial e remota. As atividades presenciais, realizadas nos 23 e 24 de novembro de 2022, aconteceram no Hotel Morubixaba, em Barreiras.

“Hoje é uma noite muito especial porque a gente vai falar sobre dados, sobre governança e apresentar para todos o que é esse mundo do Big Data Analytics”, comenta Poty Rodrigues de Lucena, coordenador-geral de Governança e Dados, na noite de abertura do evento.

Além de compartilhar e ampliar o diálogo com interlocutores interessados e simpatizantes dos conhecimentos em ciência de dados, transparência e governança, o Simpósio trouxe para Barreiras grandes pesquisadores da Rede Data Science BR (DSBR), que lidera pesquisas com importantes parceiros, como: Ministério da Educação e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Big Data Analycts

Para os estudantes, foi um momento de muito aprendizado.

 “Nesse projeto a gente aprende muitas coisas, como por exemplo, a experiência de como é realmente trabalhar com projetos, pois estamos acostumados a estudar para as provas ou coisas da nossa área e esse projeto nos traz novas possibilidades como linkar o que eu faço com outros tipos de coisas como a ciência de dados e temos a oportunidade de conhecer outros lugares, novas pessoas, outras convivências e fortalecer ainda mais como profissional”, afirma Mariana Farias, aluna do curso de engenharia elétrica da UFOB.

“Está sendo um prazer participar do 1º SAMBA, estar entre pesquisadores renomados na nossa área, a área de dados, poder aprender um pouco mais e aprofundar muito mais o conhecimento, vamos aproveitar, afirma Brenda Costa Vitor, estudante do curso engenharia elétrica da UFOB.

Entre as atividades propostas para o 1º SAMBA, foram realizados minicursos ministrados nos dias 21 e 22 de novembro pelos pesquisadores da Rede DSBR, a conferência de abertura “Um Samba de Dados”, ministrada pelo coordenador da Rede DSBR, Poty Rodrigues de Lucena e a palestra de abertura apresentada por Eduardo Pires Fernandes, coordenador-geral de Governança e Dados (CGGD) da Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (STIC) do Ministério da Educação (MEC). 

Coordenada pelo professor e pesquisador Poty Lucena, a Rede DSBR desenvolveu soluções em Big Data Analytics, como o Painel Coronavírus, Plataforma Universidade 360º – Observatório da Educação Superior, Painel Orçamentário Financeiro da UFRJ, a nova versão da Plataforma Nilo Peçanha, com incremento de dados orçamentários e de pessoal, além de soluções para coleta de dados e monitoramento de acesso às plataformas desenvolvidas para o aprimoramento das soluções apresentadas a partir da pesquisa que realiza.

“Nosso trabalho se ancora nos princípios da administração pública relativos à governança, publicidade, transparência e accountability, ampliando as condições de acesso dos gestores públicos, da imprensa, dos usuários dos serviços públicos e órgãos de controle”, explicou Poty Lucena.

Segundo o pesquisador, após dois anos de criação da Rede DSBR, o 1º SAMBA tem a missão de compartilhar os conhecimentos e experiências: “Pretendemos ampliar o diálogo com nossos stakeholders, mas também com estudantes, especialistas, profissionais de mercado e pesquisadores em diferentes áreas que se simpatizam o tema do evento”.

Fala Barreiras