Siga-nos

Barreiras

Barreiras integra consórcio para compra de vacinas contra COVID-19

Além de Barreiras, oito municípios do Oeste Baiano aderiram ao consórcio. Saiba mais!

Publicado

em

Vacina Contra Covid-19

Barreiras é um dos municípios baianos que aderiu ao consórcio público que vai viabilizar a compra de vacinas contra COVID-19. Além de Barreiras, Luís Eduardo Magalhães, Barra, Santa Maria da Vitória, Riacho de Santana, Amargosa, Correntina, Cocos e Cristópolis também aderiram ao consórcio.

A proposta do consórcio público, chamado de CONECTAR (Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras), é dar suporte aos municípios caso o Programa Nacional de Imunização (PNI) não consiga suprir a demanda nacional.

Esse consórcio é organizado pela Federação Nacional dos Prefeitos (FNP) e foi aderido por mais de 1.700 prefeituras de todo o país, incluindo 24 capitais. Juntas, essas cidades abrangem mais de 125 milhões de brasileiros, ou 60% da população do país.

No entanto, em entrevista ao portal do FNP, o presidente do órgão, Jonas Donizette, ressaltou que o CONECTAR não vai competir com o PNI, mas vai contribuir para acelerar a vacinação no país. Por isso, a ideia é comprar a quantidade de vacinas contra COVID-19 que os laboratórios tiverem disponíveis, sendo que esse estoque requisitado pelo Governo Federal para compor o plano nacional de vacinação.

Donizette ainda ressaltou que a imunização em massa é fundamental para a retomada do crescimento econômico.

“Só vamos conseguir resguardar vidas e retomar a economia a partir do momento em que tivermos um grande número de brasileiros imunizados”, ressaltou Jonas.

Próximos passos

A lista com os municípios interessados será integrada ao projeto de lei que será encaminhado às câmaras legislativas, onde o projeto deve ser protocolado e deve ser autorizado em até 15 dias. Em seguida, os municípios devem enviar uma cópia da Lei municipal à FNP até 19 de março.

A expectativa é que até dia 22 de março seja realizada a assembleia de instalação do consórcio. Somente depois da constituição legal do consórcio público, com a criação de um CNPJ e a escolha de diretoria, será possível realizar a compra das vacinas contra COVID-19.

De acordo com o presidente da FNP, o consórcio deve ser financiado com recursos Governo Federal para a compra de vacinas contra COVID-19. No entanto, se isso não for possível, financiamento via organismos internacionais, a participação da iniciativa privada ou mesmo a compra via cota dos municípios serão discutidas, são possibilidades que não estão descartadas.

Para conferir a lista completa dos municípios que fazem parte do consórcio público, acesse o link abaixo.

LISTA COMPLETA DOS MUNICÍPIOS PARTICIPANTES DO CONSÓRCIO PÚBLICO

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 01
Falabarreiras Notícias 02
Falabarreiras Notícias 20
Falabarreiras Notícias 42
Falabarreiras Empregos 01
Falabarreiras Empregos 15
Falabarreiras Empregos 16
Falabarreiras Empregos 17

Barreiras Notícias - Fala Barreiras